Compras: 25 de março é a preferida, mas cidade oferece outras opções

Para quem não gosta da movimentação da rua, São Paulo oferece outros shoppings a céu aberto com preços baixos

SÃO PAULO – Chega final de ano e a já movimentada 25 de Março mostra que tem a preferência dos paulistas e de pessoas de todo o Brasil. Isso porque, transitar no local parece impossível diante de tanta gente escolhendo presentes e lojistas procurando mercadorias.

No entanto, os consumidores que apreciam o preço baixo e a variedade não precisam passar nervoso, com pessoas esbarrando e as lojas lotadas, na 25 de março. De acordo com o Diário do Comércio, existem outras ruas em São Paulo que são caracterizadas pelo comércio e não têm tanta fama, mas que vale a pena serem visitadas.

Região Oeste

Para quem passa longe da 25 de Março, uma alternativa para encontrar preços mais em conta é a rua Doze de Outubro, localizada na região da Lapa, zona oeste da cidade. Ela é bastante parecida com a rua do centro, pois tem lojas que vendem de tudo e ainda os característicos camelôs, que atrapalham a passagem dos consumidores.

Entretanto ela oferece algo a mais para os compradores, além de roupas, brinquedos e bijuterias baratas. Algumas das redes de varejo estão localizadas no local, o que permite a compra de perfumes, eletroeletrônicos e móveis para a casa.

Para quem mora na região, os preços são praticamente os mesmos e economiza-se mais com condução. Além disso, por ser menos famosa e aparecer menos na mídia, a rua é mais tranqüila, o que é vantajoso para quem quer pesquisar preços.

Zona Sul

Para quem pensa que a Zona Sul é repleta de lojas e shoppings caros, nos quais se gasta muito mais para obter os mesmos produtos da rua 25 de Março, está muito enganado. A região oferece preço bom e qualidade.

Um exemplo disso é a rua João Cachoeira, que fica no bairro do Itaim. Há trinta anos, o local era famoso e atraia muitas pessoas, mas acabou por diminuir o sucesso com a 25 de Março e outros pontos comerciais.

Para quem quer a tranqüilidade dos shoppings com preços mais baratos, ela é uma boa opção. Camelôs são poucos na região, o quer permite o trânsito tranqüilo dos pedestres.

Região Leste

Seja por falta de conhecimento ou simplesmente porque a 25 de Março conquistou os consumidores, outros shoppings a céu aberto ficam com pouca movimentação se comparados com a rua, nesta época do ano, quando chegam as festas de Natal e Ano Novo.

PUBLICIDADE

A realidade aparece na rua Penha de França, na zona leste de São Paulo. Quem gosta de um lugar calmo para escolher o que levar para a casa, esta é uma boa opção, já que o ambiente é agradável e tranqüilo.

Além disso, as pessoas que moram na região leste podem encontrar as mesmas mercadorias por preços similares à 25 de Março. Vale a pena colocar no papel quanto irá gastar com as compras mais a locomoção e o cansaço de ir até o centro da cidade e a comodidade de comprar algo um pouco mais caro, mas do lado de casa.