Cisco é a empresa que mais cresce no mercado mundial de servidores

Empresa registra alta de 32%, enquanto o mercado teve crescimento de 6%

Equipe InfoMoney

Publicidade

A cada minuto no mundo são realizadas 2 milhões de pesquisas na internet, 1,3 milhão de vídeos são assistidos, 47 mil downloads de aplicativos e 204 milhões de e-mails são enviados. Esse volume gigantesco de informações gera a necessidade de uma infraestrutura capaz de armazenar e transmitir todos esses dados de forma eficiente.

Isso explica o crescimento ano após ano do mercado mundial de servidores, datacenters, sistemas em nuvem, entre outras tecnologias. Em 2015, o mercado de servidores registrou alta de 6%, gerando uma receita de US$ 52,8 bilhões, concentrada em seis empresas: Cisco, HP, IBM, Dell, Oracle e Fujitsu. Entre essas gigantes, a Cisco foi a empresa que mais cresceu, registrando alta de 32%. A empresa alcançou 43.800 usuários únicos dos seus servidores Cisco Unified Computing System (UCS), gerando uma receita de 3,2 bilhões, de acordo com dados da International Data Corporation (IDC).

Brasil

Treinamento Gratuito

Manual dos Dividendos

Descubra o passo a passo para viver de dividendos e ter uma renda mensal previsível, começando já nas próximas semanas

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

O mercado brasileiro de servidores registrou queda de 17% em receita no 2º trimestre de 2015, na comparação com o mesmo período do ano passado, segundo levantamento da IDC Brasil. Em termos de volume de vendas, porém, houve crescimento de 2%.

O desempenho foi impactado pelos problemas econômicos e políticos que o país vem enfrentando desde o fim do ano passado. Isso, aliado à alta do dólar, fez com que os investimentos das empresas recuassem por receio de todas as incertezas no cenário brasileiro. Mas em 2016, o mercado deve começar a se recuperar. O IDC Brasil projeta alta de 2% na receita e, em unidades, o mercado deve se manter estável.

A Cisco possui 20% de participação do mercado nacional de servidores blades x86, e ocupa a segunda colocação na América Latina, região em que pretende investir mais nos próximos anos. 

Continua depois da publicidade

Cisco UCS

Fundada em 1984, a Cisco entrou no mercado de servidores em 2009, com a introdução do UCS em seu portfólio. O Cisco UCS integra servidores baseados no processador Intel® Xeon® com acesso à rede e armazenamento em um sistema unificado, que conquistou mais de 100 recordes mundiais de desempenho.

Aproximadamente 70 por cento dos orçamentos de TI são gastos em expansão, manutenção e suporte, restando menos de 30 por cento para a inovação de TI que suporta as prioridades da empresa. Imagine o que você poderia fazer se o departamento de TI pudesse reequilibrar essa equação e ajudar sua empresa a implementar soluções de Big Data que podem mudar a forma como você conduz os negócios.

Cada decisão comercial é importante e, por isso, empresas em todo o mundo buscam soluções de Big Data e aplicativos analíticos para entender melhor seus negócios. Com o Cisco UCS você pode implantar ferramentas essenciais para a sua empresa e criar soluções de expansão para a tomada de decisões eficiente. Com a capacidade de adicionar mais computação de alto desempenho e recursos de armazenamento conforme as demandas de dados e do usuário aumentam, seu departamento de TI pode escalar e fornecer as informações corretas na hora certa.

Cisco UCS