CCR (CCRO3) quase triplica lucro no 4º tri e propõe R$ 536,2 mi em dividendos adicionais

Tema sobre proventos será submetido à aprovação na assembleia geral extraordinária a ser realizada no próximo mês de abril

Reuters

Publicidade

SÃO PAULO (Reuters) – O Grupo CCR (CCRO3) apurou lucro líquido ajustado de R$ 393,9 milhões no quarto trimestre, quase o triplo do obtido um ano antes, informou a empresa de concessões de mobilidade nesta quinta-feira.

O resultado operacional medido pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado cresceu 20,1% no período, para R$ 1,9 bilhão, com a margem do grupo avançando 4,5 pontos percentuais, para 55,3%.

Analistas, em média esperavam lucro líquido de R$ 245 milhões para a CCR no quarto trimestre e Ebitda de R$ 1,8 bilhão, segundo dados da LSEG.

Treinamento Gratuito

Manual dos Dividendos

Descubra o passo a passo para viver de dividendos e ter uma renda mensal previsível, começando já nas próximas semanas

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

“Encerramos 2023 com um crescimento consistente da demanda nos três negócios do grupo e com o maior investimento da nossa história”, afirmou o presidente-executivo da CCR, Miguel Setas, em comunicado à imprensa.

A CCR investiu no ano passado R$ 6,2 bilhões o dobro do montante de 2022. Para 2024, o grupo prevê investimento de cerca de R$ 8,6 bilhões.

A companhia citou alta de 7% no tráfego consolidado em rodovias no último trimestre do ano passado; avanço de 4,2% no número de passageiros em mobilidade urbana e de 10% em aeroportos.

Continua depois da publicidade

“O bom desempenho reflete o crescimento da economia brasileira em 2023, a ‘supersafra’ no agronegócio e o efeito da retomada das atividades no pós-pandemia”, afirmou a CCR no comunicado.

A alavancagem da companhia terminou 2023 em 3 vezes, contra 2,9 vezes tanto no final do terceiro trimestre quanto um ano antes, cenário que classificou como “sob controle”.

“Diante da situação financeira confortável, a companhia está propondo o pagamento adicional de R$ 536,2 milhões em dividendos”, acrescentou, que se somarão aos R$ 316,2 milhões pagos em outubro do ano passado, totalizando um pagamento de mais de R$ 850 milhões. O tema será submetido à aprovação na assembleia geral extraordinária a ser realizada no próximo mês de abril.