Bolsas mundiais

Bolsas mundiais registram ganhos repercutindo ata de reunião do Fed

Investidores também se mantêm atentos para os movimentos do presidente americano Joe Biden para promover o seu plano de investimento

ações bolsa mercado stocks índices gráficos
(Shutterstock)

As bolsas mundiais operam em tendência de alta nesta quinta-feira (8), após a divulgação das minutas da reunião do Fomc (Comitê Federal de Mercado Aberto) na quarta. Investidores se mantêm atentos para os movimentos do presidente americano Joe Biden para promover o seu plano de investimento de cerca de US$ 2 trilhões.

Na quarta, o índice americano S&P fechou em 4.079,95 um novo recorde. Na mesma sessão, o Dow Jones subiu 16 pontos, ou 0,1%. Já o Nasdaq, marcado por grande quantidade de ações do setor de tecnologia, caiu 0,1% na quarta.

A queda ocorreu apesar do desempenho acima da média de empresas de tecnologia. Amazon, Apple e Alphabet subiram mais de 1%, e o Facebook, mais de 2,2%.

Os investidores reagiram positivamente à divulgação das minutas das reuniões do Fomc, que indicaram que autoridades pretendem manter o ritmo de compra de ativos por algum tempo. O Federal Reserve afirma que pretende trabalhar para manter preços estáveis e empregabilidade máxima.

Além disso, na quarta o presidente Joe Biden falou em Washington sobre o plano de infraestrutura de cerca de US$ 2 trilhões que sua gestão pretende promover, que inclui uma alta nos impostos corporativos dos atuais 21% para 28% e investimentos em pontes, estradas, banda larga e outros projetos.

O Departamento do Tesouro afirma que as propostas de taxação de Biden arrecadaria cerca e US$ 2,5 trilhões em 15 anos. Biden afirma que está disposto a negociar sobre a alta de impostos.

A alta de impostos sofre oposição de congressistas republicanos, que se dizem preocupados com a alta de impostos após a pandemia.

Os gastos do governo são vistos como um fator importante para os recordes registrados no valor das ações no último mês, e também para impulsionar indicadores econômicos importantes, como o relatório mais forte do que o esperado de empregos, relativo a março.

Nesta quinta, investidores aguardam pela divulgação de dados do Departamento de Emprego sobre o número de americanos ingressando com pedidos de seguro desemprego. Economistas ouvidos pela Dow Jones esperam um contingente de 694 mil pedidos na semana encerrada em 3 de abril.

PUBLICIDADE

As bolsas asiáticas fecharam em sua maioria em altas na quinta, acompanhando o movimento positivo de índices americanos na quarta.

O índice Hang Seng Index, de Hong Kong, liderou os ganhos, fechando em alta de 1,16%. Bolsas da China Continental também tiveram altas.

As bolsas europeias têm altas. Todas as principais bolsas e os principais setores estão em território positivo, com destaque para o setor de recursos básicos, que sobe 1,2%, liderando os ganhos.

Os mercados europeus aguardam anúncios sobre os órgãos reguladores de medicamentos da União Europeia e do Reino Unido, a respeito da vacina desenvolvida em parceria entre a Universidade de Oxford e a farmacêutica AstraZeneca.

Ambos os reguladores afirmaram na quarta que uma ligação entre a vacina e tipos de coágulos sanguíneos muito raros é possível, mas que os benefícios de se vacinar superam os riscos. Por cautela, o Reino Unido afirmou que dará uma vacina diferente àqueles com menos de 30 anos.

Veja o desempenho dos principais indicadores às 6h30 (horário de Brasília):

*S&P 500 Futuro (EUA), +0,25%
*Nasdaq Futuro (EUA), +0,65%
*Dow Jones Futuro (EUA), estável
Europa
*Dax (Alemanha), -0,04%
*FTSE 100 (Reino Unido), +0,19%
*CAC 40 (França), +0,41%
*FTSE MIB (Itália), +0,06%
Ásia
*Nikkei (Japão), -0,07% (fechado)
*Hang Seng Index (Hong Kong), +1,16% (fechado)
*Kospi (Coreia do Sul), +0,19% (fechado)
*Shanghai SE (China), +0,08% (fechado)
Commodities e bitcoin
*Petróleo WTI, -0,6%, a US$ 59,39 o barril
*Petróleo Brent, -0,38%, a US$ 62,93 o barril
*Bitcoin, -1,46%, a US$ 56.921,47
Sobre o minério: **Contratos futuros do minério de ferro negociados na bolsa de Dalian com queda de 0,56%, cotados a 982,5 iuanes, equivalente hoje a US$ 149,97 (nas últimas 24 horas).
USD/CNY = 6,55

Entre no grupo do InfoMoney no Telegram para ter acesso a este conteúdo e faça parte de uma comunidade de mais de 160 mil pessoas que acompanham a plataforma.

O Telegram do InfoMoney oferece gratuitamente uma cobertura em tempo real do mercado financeiro. Traz também análises e as principais notícias que movimentam as Bolsas, aqui e no exterior.

PUBLICIDADE