Mercados agora

Bolsas europeias e futuros americanos operam em alta depois do tombo da véspera

Mas as preocupações com a recuperação da economia mundial e uma segunda onda de contaminação dos coronavírus continuam

ações promissoras
(alexsl/Getty Images)

SÃO PAULO – Os mercados tentam recuperar o fôlego após a forte queda registrada na quinta-feira. Apesar da cautela com o ritmo de recuperação da economia global, as Bolsas europeias e os futuros americanos operam em alta nesta sexta-feira.

Em meio às preocupações com a recuperação da economia mundial e uma segunda onda de contaminação dos coronavírus, por volta das 6h20, o índice Euro Stoxx subia 1,31%, ainda muito longe de zerar as perdas do pregão anterior, quando a queda foi de 4,1%.

“Vemos alguns pontos positivos. O pior já passou, a economia está se reabrindo gradualmente. Mas também vemos riscos de uma queda”, disse, à Bloomberg, Janet Mui, diretora de investimentos da Brewin Dolphin.

PUBLICIDADE

Nos Estados Unidos, os futuros mostram também uma leve recuperação. Também por volta das 6h20, do Dow Jones sobe 2,23% e o do S&P 500, 1,73% ( (acompanhe a cobertura dos mercados no Telegram do InfoMoney).

Esses índices recuaram, na quinta-feira, 6,90% e 5,89%, respectivamente. Já o índice de ADRs das principais empresas brasileiras em Nova York teve uma desvalorização de quase 9%.

O temor dos investidores é que ocorra uma nova onda de contaminação do coronavírus no momento em que as principais economias ainda não se recuperaram das medidas de isolamento social impostas pelo vírus e que começaram a ser adotadas, em maior grau, a partir de março.

Um exemplo do caminho a trilhar até uma recuperação é o PIB do Reino Unido divulgado nesta quinta-feira. A contração do PIB foi de 20,4% em abril na comparação com março, a maior já registrada no comparativo mensal.

E embora as principais economias do mundo estejam tomando medidas para flexibilizar o isolamento social, o vírus segue avançando. O novo coronavírus já contaminou 7,6 milhões de pessoas e causou 424 mil mortes em todo o mundo.

Na Ásia, o índice Sanghai SE ficou praticamente estável, com pequena variação negativa de 0,04% e o Hang Seng Index, de Hong Kong, recuou 0,73%. Já o Nikkei 225, de Tóquio, registrou variação negativa de 0,75%.

PUBLICIDADE

Um intensivo de 4 dias para aprender a extrair o primeiro lucro na Bolsa: conheça o Do Zero ao Gain, novo curso gratuito do analista André Moraes!