Bolsas dos EUA operam em alta, impulsionadas pelo avanço de 5,7% do PIB

Economia cresceu mais do que o esperado no último trimestre de 2009; outros indicadores também tiveram resultados positivos

Por  Livia Teixeira

SÃO PAULO – Os principais índices acionários norte-americanos mantêm a alta registrada na abertura do pregão desta sexta-feira (29) diante de um crescimento maior do que o esperado da economia dos EUA no quarto trimestre de 2009.

O PIB (Produto Interno Bruto) norte-americano avançou 5,7% no quarto trimestre de 2009, de acordo com dados anualizados divulgados pelo Departamento de Comércio dos Estados Unidos nesta sessão, ficando das expectativas de mercado, de 4,7%.

Vale destacar que o indicador no terceiro trimestre apontara elevação de 2,2%. Porém, no resultado anual houve uma forte contração de 2,4% – a maior nos último 63 anos.

Já o deflator do PIB registrou um avanço de 0,6%, contrariando as projeções de alta de 1,3%.

Cenário corporativo
Dando continuidade à temporada norte-americana de resultados, a Microsoft relatou lucro líquido de US$ 6,66 bilhões no último trimestre, crescimento de 60% em relação ao mesmo período de 2008. A cifra, acima do previsto por analistas, impulsiona as ações da tech, que sobem 0,27%.

Em contrapartida, a Honeywell divulgou seus resultados do quarto trimestre de 2009, registrando lucro de US$ 698 milhões no período e ganhos por ação de US$ 0,91, abaixo do registrado no ano anterior. Os papéis da empresa caem 3,77%.

O Goldman Sachs elevou a recomendação dos papéis do Wal-Mart de neutra para compra, citando projeções de aumento no lucro líquido, como decorrência dos cortes de custos e do crescimento dos ganhos nas margens. Como resposta à recomendação, as ações da varejista avançam 2,34% nos EUA.

A Amazon.com revelou suas projeções para este trimestre, estimando avanço de até 43% nas vendas do período, que deverão somar US$ 7 bilhões. Analistas previam vendas próximas a US$ 6,42 bilhões, o que fundamenta a valorização de 3,34% das ações em Wall Street. 

Indicadores
Outros indicadores divulgados nesta sessão mostraram resultados melhores do que o esperado, como é o caso do Chicago PMI (Purchasing Managers Index), que mede a atividade industrial na região, e do Michigan Sentiment, com a confiança dos consumidores norte-americanos em janeiro.

Indicadores
Horário de BrasíliaReferência AnteriorExpectativaResultado
Employment Cost Index11h304º Trimestre0,4%0,4%0,5%
Chicago PMI12h45Janeiro58,7 pontos57,4 pontos61,5 pontos
Michigan Sentiment12h55Janeiro72,8 pontos73 pontos74,4 pontos

Confira as cotações
O índice Nasdaq Composite, que concentra as ações de tecnologia, opera em valorização de 0,92% e atinge 2.199 pontos.

O Dow Jones, que mede o desempenho das 30 principais blue chips norte-americanas, negocia em alta de 0,68% a 10.189 pontos, enquanto o S&P 500, que engloba as 500 principais empresas dos EUA, sobe 0,67%, chegando a 1.092 pontos.

% Var DiaPontos %Var 30D%Var Ano
 Nasdaq+0,922.199-4,03-3,09 
 Dow Jones+0,6810.189-3,41-2,29 
 S&P 500+0,671.092-3,07-2,09 
Compartilhe