Bolsas de NY ficam mistas e S&P 500 fecha acima de 5 mil pontos pela 1ª vez na história

As ações da Microsoft avançaram 1,56%, elevando o valor de mercado da companhia fundada por Bill Gates para US$ 3,12 trilhões, superando a Apple

Estadão Conteúdo

(Shutterstock)

Publicidade

As bolsas de Nova York fecharam sem sincronia nesta sexta-feira, 9, com o S&P 500 alçando um nível inédito acima dos 5 mil pontos no fechamento do pregão, com a propulsão das ações das grandes empresas de tecnologia. O Nasdaq avançou mais de 1%.

Em contrapartida, o Dow Jones não conseguiu acompanhar o movimento e caiu, pressionado por papéis de empresas que atuam em outros segmentos da economia, como Chevron, Caterpillar e Walgreens. No pregão, dados revisados em baixa da inflação ao consumidor em dezembro nos EUA deram uma ajuda para o clima positivo, mas não justificaram ajustes relevantes na perspectiva de que o Federal Reserve (Fed) seguirá paciente para iniciar o corte da taxa de juros.

No fim da sessão, o S&P 500 fechou em alta de 0,57%, no patamar recorde dos 5.026,61 pontos. Na véspera, o índice chegou a superar os 5.000 pontos durante o pregão, mas não conseguiu sustentá-lo até o fechamento. O Nasdaq avançou 1,25%, aos 15.990,66 pontos, depois de chegar a alcançar os 16 mil pontos, na máxima intraday, pela primeira vez desde novembro de 2021. O Dow Jones caiu 0,14%, aos 38.671,69 pontos. Na semana, o S&P subiu 0,04%, enquanto o Nasdaq ganhou 1,37% e o Dow Jones teve variação de +2,31%.

Treinamento Gratuito

Manual dos Dividendos

Descubra o passo a passo para viver de dividendos e ter uma renda mensal previsível, começando já nas próximas semanas

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

As ações da Microsoft avançaram 1,56%, elevando o valor de mercado da companhia fundada por Bill Gates para US$ 3,12 trilhões, superando a Apple, que chegou a atingir valor de mercado de US$ 3,09 trilhões em julho. De acordo com a Dow Jones Newswires, nenhuma companhia nos EUA havia atingido um valor acima de US$ 3,1 trilhões.

Outras empresas de tecnologia também subiram, como a Nvidia (3,58%), que respondeu a relatos de que a empresa planeja criar uma divisão focada no design de chips exclusivos para empresas de computação em nuvem, incluindo processadores avançados de inteligência artificial. A euforia em relação à IA apoiou as techs no geral, entre elas Amazon (2,71%) e Alphabet (2,12%). A Apple teve um desempenho mais limitado e ganhou 0,41%.

No Dow Jones, pesaram as ações da Walt Disney, que caíram 1,95% em uma realização parcial do salto da quinta-feira sob efeito do balanço. A Caterpillar e Walgreens também contribuíram para limitar o ímpeto do índice, ao computarem queda de 1,50% e 1,33%, respectivamente.

Continua depois da publicidade

A PepsiCo cedeu 3,55% após a receita líquida da empresa ficar em US$ 27,85 bilhões no quarto trimestre, uma queda de 0,5% ante o mesmo período de 2022. Os analistas esperavam aumento de 1,4%, para US$ 28,4 bilhões,

No front macroeconômico, o índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) dos Estados Unidos de dezembro de 2023 foi revisado para baixo, de 0,3% para 0,2%, informou o Departamento de Trabalho do país. Já o núcleo do CPI – que exclui itens voláteis como energia e alimentos – ficou estável em 0,3%. Os números confirmaram o processo de desinflação no ano passado, mas não mostraram grandes surpresas. Na próxima semana, serão divulgados os dados de inflação de janeiro.

* Com informações Dow Jones Newswires