Bolsas da Europa sobem com recuperação do varejo no Reino Unido e balanço do NatWest

As vendas no varejo do Reino Unido deram um salto mensal de 3,4% em janeiro, superando de longe a expectativa de analistas e alimentando esperanças de que a economia britânica volte a se recuperar depois de entrar em recessão técnica

Estadão Conteúdo

Publicidade

São Paulo, 16/02/2024 – As bolsas europeias operam em alta na manhã desta sexta-feira, ampliando ganhos dos dois pregões anteriores, após o setor varejista britânico mostrar desempenho melhor do que o previsto e o banco britânico NatWest divulgar balanço positivo.

Por volta das 7h (de Brasília), o índice pan-europeu Stoxx 600 avançava 0,51%, a 491,05 pontos.

As vendas no varejo do Reino Unido deram um salto mensal de 3,4% em janeiro, superando de longe a expectativa de analistas e alimentando esperanças de que a economia britânica volte a se recuperar depois de entrar em recessão técnica, no fim do ano passado. O avanço nas vendas foi o maior em mais de dois anos e veio após uma queda recorde em dezembro.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Ainda no Reino Unido, o NatWest agradou com números de lucro e receita com juros do último trimestre de 2023. No horário acima, a ação do banco britânico avançava mais de 4% em Londres.

No âmbito da política monetária, a dirigente do Banco Central Europeu (BCE) Isabel Schnabel sinalizou que os juros da zona do euro precisarão continuar altos até que a instituição tenha confiança de que a inflação na zona do euro voltará para sua meta oficial de 2% de forma sustentável. A fala de Schnabel veio na mesma linha de comentários feitos pela presidente do BCE, Christine Lagarde, e pelo vice-presidente do banco, Luis de Guindos, nos últimos dias.

Nas próximas horas, a atenção de investidores na Europa vai se voltar para novos dados de inflação dos EUA, após o índice de preços ao consumidor (CPI) americano surpreender para cima, na última terça-feira (13).

Continua depois da publicidade

Às 7h16 (de Brasília), a Bolsa de Londres subia 0,85%, a de Frankfurt avançava 0,79% e a de Paris ganhava 0,61%. Já as de Milão, Madri e Lisboa tinham altas de 0,47%, 0,01% e 0,72%, respectivamente.

*Com informações da Dow Jones Newswires