Bolsas da Europa fecham em alta, com balanços e ata do BCE à espera de decisão do BC europeu

"Vimos uma estabilização modesta nos mercados europeus depois das perdas de ontem", comentou o analista Michael Hewson, da CMC Markets

Estadão Conteúdo

Publicidade

As bolsas da Europa fecharam em alta nesta quinta-feira, 18, em meio à temporada de balanços corporativos e após a ata do Banco Central Europeu (BCE) alimentar a expectativa pela próxima decisão de juros da autoridade monetária, na semana que vem.

“Vimos uma estabilização modesta nos mercados europeus depois das perdas de ontem”, comentou o analista Michael Hewson, da CMC Markets.

Hewson observou que a bolsa de Paris teve um dos melhores desempenhos da sessão, com alta das ações das marcas de luxo Hermes (1,89%) e LVMH (2,55%), na esteira do balanço da varejista de luxo suíça Richemont. O índice parisiense CAC 40 fechou com ganhos de 1,13%, aos 7.401,35 pontos.

Treinamento Gratuito

Manual dos Dividendos

Descubra o passo a passo para viver de dividendos e ter uma renda mensal previsível, começando já nas próximas semanas

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Outro setor em destaque na sessão foi o de tecnologia, apoiado pela empolgação do resultado trimestral da taiwanesa TMSC – maior fabricante de semicondutores do mundo. A franco-italiana STMicroelectronics subiu 3,45% na Bolsa de Milão, e a holandesa ASM teve alta de 7,36% em Amsterdã.

Os investidores vão se posicionando para as decisões de política monetária do Banco Central Europeu (BCE) na próxima quinta-feira, 25, e do Banco da Inglaterra (BoE), no dia 1º de fevereiro. Nesta quinta, a ata do BCE enfatizou o recente declínio da inflação na zona do euro, mas reforçou que os próximos passos dependem da evolução dos dados

O analista Craig Erlam, da Oanda, lembrou que as precificações para cortes de juros foram muito agressivos no fim de 2023. “Ainda há uma sensação de que isso poderia acontecer novamente, e é por isso que aparentemente há tanta relutância em permitir que os mercados corrijam de forma significativa”, apontou.

Continua depois da publicidade

Na Bolsa de Frankfurt, o DAX subiu 0,83%, aos 16.567,35 pontos; em Milão o FTSE MIB teve ganhos de 0,84%, aos 30.350,53 pontos; e, em Lisboa, o PSI 20 ficou estável, aos 6.322,62 pontos. As cotações são preliminares.