Bolsas da Ásia fecham mistas, com Hong Kong impulsionada por corte de compulsório chinês

Liderando os ganhos na Ásia, o Hang Seng saltou 3,56% em Hong Kong, a 15.899,87 pontos

Estadão Conteúdo

(Getty Images)

Publicidade

São Paulo, 24/01/2024 – As bolsas asiáticas fecharam sem direção única nesta quarta-feira, com a de Hong Kong ampliando ganhos no fim do pregão, quando o banco central chinês (PBoC) anunciou uma redução da taxa de compulsório bancário.

Liderando os ganhos na Ásia, o Hang Seng saltou 3,56% em Hong Kong, a 15.899,87 pontos, ganhando força na etapa final da sessão, quando o PBoC anunciou um corte de 50 pontos-base do compulsório bancário, válido a partir de 5 de fevereiro.

Na China continental, onde os negócios já estavam encerrados quando veio o anúncio do PBoC, o Xangai Composto subiu 1,80%, a 2.820,77 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composto avançou 1,25%, a 1.646,86 pontos, sustentados ainda por notícias de que Pequim planeja medidas para ajudar os mercados acionários locais, que sofreram fortes perdas recentes.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Em outras partes da região asiática, o japonês Nikkei caiu 0,80% em Tóquio, a 32.226,48 pontos, pressionado por ações do setor imobiliário, enquanto o sul-coreano Kospi recuou 0,36% em Seul, a 2.469,69 pontos, com quedas em papéis de transporte marítimo, siderurgia e defesa, e o Taiex ficou praticamente estável em Taiwan, com alta marginal de 0,01%, a 17.875,83 pontos.

Na Oceania, a bolsa australiana teve ligeira alta, mas assegurou seu quarto pregão consecutivo de ganhos. O S&P/ASX 200 avançou 0,06% em Sydney, a 7.519,20 pontos.

*Com informações da Dow Jones Newswires