Bolsas da Ásia fecham em baixa com temor sobre deflação na China, mas Tóquio estende rali

Principal índice acionário chinês, o Xangai Composto caiu 0,16% hoje, a 2.881,98 pontos

Estadão Conteúdo

Publicidade

São Paulo, 12/01/2024 – As bolsas asiáticas fecharam majoritariamente em baixa nesta sexta-feira, em meio a preocupações renovadas sobre a tendência deflacionária na China. A exceção foi o mercado japonês, que driblou o mau humor da região e deu continuidade a um recente rali.

Principal índice acionário chinês, o Xangai Composto caiu 0,16% hoje, a 2.881,98 pontos, enquanto o menos abrangente Shenzhen Composto teve perda de 0,64%, a 1.749,42 pontos.

Dados oficiais mostraram que o índice de preços ao consumidor (CPI) da China recuou 0,3% na comparação anual de dezembro, em sua terceira queda consecutiva, enquanto o índice de preços ao produtor (PPI) registrou baixa de 2,7% no mesmo período, estendendo o declínio para o 15º mês seguido. Os números fracos de inflação ofuscaram o desempenho melhor do que o esperado das exportações chinesas no mês passado.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Em outras partes da Ásia, o Hang Seng cedeu 0,35% em Hong Kong, a 16.244,58 pontos, o sul-coreano Kospi caiu 0,60% em Seul, a 2.525,05 pontos, no oitavo pregão negativo seguido, e o Taiex apresentou modesta baixa de 0,19% em Taiwan, a 17.512,83 pontos.

Em Tóquio, por outro lado, o Nikkei estendeu o rali dos últimos dias, fechando no maior nível em quase 34 anos pelo quarto pregão consecutivo. O índice japonês avançou 1,50%, a 35.577,11 pontos, impulsionado por ações de conglomerados como Marubeni (+1,4%), Mitsui (+2,2%) e Mitsubishi (+1,8%). Na semana, o Nikkei acumulou robusto ganho de 6,6%.

Na Oceania, a bolsa australiana ficou levemente no vermelho, acompanhando o tom predominante da Ásia. O S&P/ASX 200 recuou 0,10% em Sydney, a 7.498,30 pontos.

Continua depois da publicidade

*Com informações da Dow Jones Newswires