Em mercados / bitcoin

Analisando a dominância do Bitcoin no mercado de criptomoedas

De acordo com o site CoinMarketCap, a dominância do Bitcoin está hoje em 56%, o maior desde 15 de dezembro do ano passado

Bitcoin
(Shutterstock)

SÃO PAULO - O indicador de dominância do Bitcoin é o percentual da capitalização do bitcoin em relação a capitalização total do mercado de criptomoedas. Indicador esse que vem crescendo nos últimos 4 meses.

Quer investir em ações pagando só R$ 0,80 de corretagem? Clique aqui e abra sua conta na Clear

De acordo com o site CoinMarketCap, a dominância do Bitcoin está hoje em 56%, o maior desde 15 de dezembro do ano passado. Esse aumento ocorre ao mesmo tempo em que o valor total do mercado sofre uma queda abrupta.

Desde 7 de janeiro deste ano, a capitalização de mercado total das criptomoedas caiu cerca de 76% - de $826 bi para $200 bi. No mesmo período, a dominância do BTC cresceu 23,5% atingindo o valor de 56%.

Apesar do bitcoin estar numa tendência de queda, tendo o seu preço atual 68% menor desde sua alta histórica, o aumento de sua dominância sugere que investidores estão comprando mais BTC do que outras criptomoedas.

dominance_13_09

Mas o que significa a dominância do Bitcoin?
Esse indicador é utilizado para medir o quanto o mercado de BTC vale, como um percentual do valor de todas as criptomoedas. Durante mudanças prolongadas no mercado, também é possível destacar se a demanda por bitcoin está se mantendo acima da média do mercado.

Quando o valor do mercado começou a subir, a dominância pelo BTC declinou. Ao olhar entre fevereiro e junho do ano passado, a participação do Bitcoin no mercado caiu de 85% para 37%.

Embora o valor do Bitcoin tenha praticamente triplicado nesse mesmo período, outras criptomoedas começaram a receber a atenção dos investidores. Ether, a moeda com o 2º maior valor de mercado, viu sua dominância de mercado aumentar de 17% para 31%. Apesar da alta, seu preço despencou 85% desde sua máxima em apenas 7 meses.

Bitcoin é a moeda usada como porta de entrada para muitos investidores. O BTC é listado em praticamente todas as corretoras de criptomoedas, é a moeda com maior destaque do mercado e possui uma volatilidade relativamente menor comparada com outras criptomoedas.

Ao analisar os dados coletados pelo Google Trends é possível destacar que, apesar das pesquisas pelo Bitcoin terem despencado desde janeiro desse ano, a palavra “bitcoin vem sendo pesquisada quase 10 vezes mais frequentemente do que “cryptocurrency” nos últimos 4 meses.

Quando esse mercado entra em um período de baixa, a dominância do BTC muitas vezes tende a aumentar. Sua volatilidade relativamente menor do que outras moedas incentiva os investidores a manter sua posição em BTC e sofrer perdas relativamente menores do que se estivessem posicionados em outra criptomoeda. Assim, o BTC se torna um ativo conveniente para investidores que procuram manter seu dinheiro em criptomoedas, mas querem minimizar o risco.

Quer receber análises e recomendações de criptomoedas de um dos maiores especialistas do Brasil? Clique aqui e assine o CryptoInsights

 

Tudo sobre:  Bitcoin  

Contato