Em mercados / bitcoin

Bitcoin cai para menos de US$ 7 mil após SEC adiar decisão sobre lançamento de ETF

O atraso da SEC acaba sendo um "golpe" para os entusiastas da moeda digital

Bitcoin
(Shutterstock)

SÃO PAULO - A SEC (Comissão de Valores Mobiliários dos EUA) adiou nesta terça-feira (7) a decisão de lançar um ETF negociado em bolsa baseado em Bitcoin. Com isso, o órgão tem agora até 30 de setembro para aprovar ou não a criação do fundo baseado na maior criptomoeda do mundo. A notícia fez com que o Bitcoin voltasse a cair para menos de US$ 7 mil.

Quer receber análises e recomendações de criptomoedas de um dos maiores especialistas do Brasil? Clique aqui e assine o CryptoInsights

O atraso da SEC acaba sendo um "golpe" para os entusiastas da moeda digital depois que o regulador negou o pedido de uma bolsa para listar um fundo similar pedido pelos irmãos Winklevoss no final do mês passado.

A decisão não chega a ser uma surpresa, mas era esperada apenas para sexta-feira. No programa Bloco Cripto desta terça, o especialista Safiri Felix destacou a importância da criação deste ETF e como ele pode fazer o Bitcoin voltar a disparar da mesma forma como ocorreu em 2017 (clique aqui para saber mais).

Após diversas tentativas, especialistas estão otimistas de que este fundo deve ser aprovado pela SEC por conta das condições sugeridas na proposta, que trazem mais segurança para quem quiser investir nestes ativos. Nesta terça, Safiri havia dito que o cenário mais provável era a do adiamento e que a rejeição tem baixa probabilidade de ocorrer, resta agora aos investidores esperarem mais 90 dias.

 

Tudo sobre:  ETF   Bitcoin  

Contato