Em mercados / bitcoin

Criptomoedas estão causando mortes de "maneira bastante direta", diz Bill Gates

Eu acho que a onda especulativa em torno de ICOs e criptomoedas é super arriscada para aqueles que investem no longo prazo", disse o executivo

Bill Gates
(Shutterstock)

SÃO PAULO - Um dos maiores nomes da tecnologia no mundo causou uma grande polêmica na noite da última terça-feira (28) por conta de fortes declarações sobe criptomoedas. Bill Gates participou de um bate-papo com usuários do Reddit e ao responder uma questão afirmou que moedas digitais estão causando mortes diretamente.

O fundador da Microsoft inciou a conversa afirmando estar feliz por realizar este tipo de evento, conhecido como AMA (Pergunte-me qualquer coisa, em tradução livre), pela sexta vez na rede de fóruns. A grande polêmica teve início quando surgiu uma pergunta sobre a opinião dele em relação às criptomoedas.

Quer investir em ações pagando só R$ 0,80 de corretagem? Clique aqui e abra sua conta na Clear

"A principal característica das moedas criptográficas é o anonimato delas. Eu não acho que isso seja bom. A capacidade dos governos em encontrar lavagem de dinheiro e evasão fiscal e financiamento do terrorismo é uma coisa boa", começou Gates.

"Agora, as moedas criptográficas são usadas para comprar fentanil e outras drogas, por isso é uma tecnologia rara que causou mortes de maneira bastante direta. Eu acho que a onda especulativa em torno de ICOs e criptomoedas é super arriscada para aqueles que investem no longo prazo", concluiu o executivo.

O principal problema para Gates não é exatamente o Bitcoin ou as criptomoedas, mas a característica de anonimato delas. Durante o mesmo evento realizado em 2014, ele disse que sua fundação estava trabalhando na criação de uma forma digital de dinheiro, mas "ao contrário do bitcoin, não seria anônimo".

No ano seguinte, porém, ele adotou um tom mais cauteloso. Em 2015 ele disse que via potencial nas criptomoedas e que elas poderiam causar um grande impacto no mundo, mas que o bitcoin não iria se tornar um sistema de pagamento nos próximos anos.

 

Contato