AO VIVO Por Dentro dos Resultados - Minerva Foods (BEEF3): os detalhes do resultado da empresa em 2020 em entrevista com CFO

Por Dentro dos Resultados - Minerva Foods (BEEF3): os detalhes do resultado da empresa em 2020 em entrevista com CFO

Comentário diário

Bancos e Vale registram alta, ofuscam queda da Petrobras e Ibovespa ameniza baixa

Mercado aguarda Fomc de amanhã e lista de Janot, enquanto repercute dados da China e avanço do Brexit

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Após chegar a cair 1,03% na mínima do dia, o início da tarde é de menores perdas para o Ibovespa, em meio à maior força dos bancos, com destaque para os ganhos de quase 2% do Banco do Brasil e à virada dos papéis da Vale. Enquanto isso, as ações da Petrobras diminuem as perdas de 5% e caem 3%, mas seguem como destaque de baixa do benchmark da Bolsa. O índice registra perdas de 0,17%, a 65.421 pontos. Já o dólar ameniza a alta, com o contrato futuro com vencimento em abril registrando ganhos de 0,17%, a R$ 3,176, enquanto o dólar comercial sobe 0,26%, a R$ 3,16094 na venda. 

O Ibovespa tem uma sessão de cautela às vésperas do Fomc (Federal Open Market Committee), ao mesmo tempo em que digere o avanço do Brexit, com o Parlamento britânico dando o “sinal verde” para a saída do Reino Unido da União Europeia e os dados mistos da economia chinesa. O cenário político também chama a atenção: por mais um dia, o mercado aguarda pela famosa “lista de Rodrigo Janot”, enquanto uma possível votação da repatriação no Senado está no radar. 

No Brasil, segue a apreensão em torno da divulgação da “lista do Janot”. Inicialmente especulava-se que o Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, apresentaria 80 inquéritos baseados nas delações de 77 executivos e ex-funcionários da Odebrecht na última segunda-feira (13), o que não ocorreu. Segundo a coluna de Lauro Jardim, de O Globo, a lista “emperrou” e pode não ser apresentada nesta terça-feira. Já o jornal Valor Econômico aponta que está prevista para hoje a entrega da aguardada lista ao STF. 

Ainda no noticiário político, o Senado pode colocar em votação no plenário o projeto da repatriação de recursos no exterior após mudanças feitas pelos deputados, segundo informações da Agência Senado. O prazo da repatriação passou de 38 para 120 dias, contados a partir da data de regulamentação pela Receita. O patrimônio declarado será aquele em posse do declarante em 30 de junho de 2016. Enquanto a primeira versão aprovada no Senado previa 17,5% de IR e 17,5% de multa, o novo texto traz 15% de imposto e 20,25% de multa.

Destaque ainda para a reforma da Previdência: em uma reunião com membros da reforma da Previdência,  o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, voltou a defender que o texto do governo seja votado sem alterações. Na avaliação dele, se o projeto for “dilapidado, os efeitos da reforma serão inócuos”. Sobre a polêmica da igualdade de idade para homens e mulheres se aposentarem, Maia disse que as mulheres têm um pleito histórico de não serem tratadas como “apêndice dos homens”.

Destaques da Bolsa

A Vale vira para alta após chegar a cair 1% mais cedo. Nesta sessão, o minério de ferro Qingdao e o contrato futuro da commodity negociada em Dalian tiveram movimentos díspares. Qingdao fechou em queda de 0,14%, a US$ 88,14 a tonelada, enquanto o minério em Dalian teve forte alta de 4,25%, a 687 iuanes, em meio aos dados mistos da economia chinesa.

“As boas notícias foram a aceleração da produção industrial e dos investimentos em ativos fixos. Por outro lado, as vendas no varejo se desaceleraram, com destaque para queda no comércio de veículos”, ressalta a LCA Consultores em relatório.  A produção industrial cresceu 6,3% no primeiro bimestre contra o mesmo período de 2016. Em dezembro, o crescimento interanual fora de 6,0%. A produção de eletricidade cresceu na média do setor industrial, enquanto a produção de aço se acelerou em relação ao final de 2016: 5,8% no 1º bimestre de 2017, contra 3,2% em dezembro de 2016.

A Petrobras, por sua vez, é um dos destaques de baixa da Bovespa após uma nova queda do petróleo, que registrava ganhos mais cedo. Contudo, tanto a cotação do brent quanto do WTI foi para baixo, com queda superior a 1% após relatório da Opep ( Organização dos Países Exportadores de Petróleo). A organização mostrouque  reduziu ainda mais sua produção em fevereiro, com liderança da Arábia Saudita, em meio ao avanço nos preços da commodity, que tem contribuído para o aumento da produção de óleo de xisto nos EUA.  Nem todos os integrantes da Opep, contudo, têm se esforçado tanto quanto a Arábia Saudita. Em fevereiro, o Iraque cortou sua produção em 62 mil bpd, a 4,414 milhões de bpd. O resultado, porém, continua 63 mil bpd acima de sua cota.

PUBLICIDADE

Ainda no noticiário da estatal,o TCU (Tribunal de Contas da União) poderá obrigar a Petrobras a recomeçar do zero projetos de venda de ativos para corrigir procedimentos considerados irregularidades, informa o Estadão. A proposta deve ser apresentada em plenário pelo relator do processo que avalia os desinvestimentos da estatal, José Múcio Monteiro, em julgamento previsto para esta quarta-feira. 

Entre o destaque de alta, está a JBS, após a companhia apresentar fortes resultados no quarto trimestre de 2016 e anunciar a compra de empresa de produtos suínos nos EUA por US$ 230 milhões.

As maiores baixas dentre as ações que compõem o Ibovespa são:

Cód.AtivoCot R$% Dia% AnoVol1
 PETR4 PETROBRAS PN13,88-3,41-6,66439,68M
 PETR3 PETROBRAS ON14,44-3,28-14,7651,35M
 CSAN3 COSAN ON38,02-2,51-0,3417,68M
 ELET3 ELETROBRAS ON19,80-2,46-13,204,84M
 KLBN11 KLABIN S/A UNT N215,43-2,22-12,118,70M

As maiores altas dentre as ações que compõem o Ibovespa são:

Cód.AtivoCot R$% Dia% AnoVol1
 JBSS3 JBS ON11,88+2,24+4,2136,03M
 RENT3 LOCALIZA ON41,09+2,04+20,0818,01M
 BBAS3 BRASIL ON ERJ34,68+2,03+23,82103,11M
 BRML3 BR MALLS PARON15,12+2,02+26,5320,03M
 NATU3 NATURA ON28,75+1,45+25,5318,40M
* – Lote de mil ações
1 – Em reais (K – Mil | M – Milhão | B – Bilhão)