Banco do Japão mantém taxa de juros e diz que seguirá “pacientemente” com a flexibilização monetária

O banco central anunciou que as taxas de curto prazo permanecerão em -0,1% e rendimentos de títulos de 10 anos em cerca de 0%

Roberto de Lira

(Getty Images)

Publicidade

O Banco do Japão (BoJ) decidiu nesta sexta-feira (16) manter sua política de taxa de juros ultrabaixa, conforme esperado. O banco central anunciou que as taxas de curto prazo permanecerão em -0,1%, após julgar que precisa de tempo para avaliar a sustentabilidade do crescimento salarial e dos aumentos de preços antes de determinar que a inflação estável foi alcançada como meta. Além disso, o BoJ continuará orientando os rendimentos dos títulos do governo japonês de 10 anos para cerca de 0%.

O BOJ comunicou que continuará “pacientemente” com a flexibilização monetária, acrescentando que não hesitará em tomar medidas adicionais, se necessário.

A agência de notícias Kyodo News comentou que a postura “dovish” do banco central contrasta fortemente com seus pares globais, que têm lutado para conter a inflação com aumentos agressivos das taxas de juros.

Treinamento Gratuito

Manual dos Dividendos

Descubra o passo a passo para viver de dividendos e ter uma renda mensal previsível, começando já nas próximas semanas

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

O banco também informou hoje que continuará a comprar títulos de 10 anos a uma taxa fixa de 0,5% todos os dias úteis, em princípio, mantendo sua luta para defender o limite de rendimento para manter os custos de empréstimos extremamente baixos e apoiar a economia.