Antofagasta tem queda na produção de cobre no 1º trimestre; em Londres, ação cai cerca de 3%

A queda trimestral na produção se deve a uma esperada redução temporária nas atividades de Los Pelambres

Estadão Conteúdo

Publicidade

A mineradora chilena Antofagasta produziu 145,9 mil toneladas de cobre no primeiro trimestre de 2023, 25% menos do que no quarto trimestre do ano passado, segundo balanço divulgado nesta quarta-feira.

A queda trimestral na produção se deve a uma esperada redução temporária nas atividades de Los Pelambres, em função da menor disponibilidade de água e de uma manutenção programada em Centinela, justificou a empresa. A expectativa é que a produção local cresça no restante do ano.

A Antofagasta, que é listada na Bolsa de Londres, disse que controlar custos em meio a um ambiente inflacionário e mitigar o efeito de um peso chileno mais forte continuam sendo seu foco. A mineradora também reiterou expectativa de produzir entre 670 mil e 710 mil toneladas de cobre este ano.

Treinamento Gratuito

Manual dos Dividendos

Descubra o passo a passo para viver de dividendos e ter uma renda mensal previsível, começando já nas próximas semanas

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Por volta das 5h15 (de Brasília), a ação da Antofagasta caía 2,7% no mercado inglês.

Fonte: Dow Jones Newswires.