Ambipar precifica oferta de títulos verdes, JBS tem mudança acionária e Irani contrata financiamento

Confira os principais destaques do noticiário corporativo desta quinta-feira (1º)

Felipe Moreira

Publicidade

O radar corporativo desta quinta-feira (1) traz a precificação de uma oferta de Green Notes no valor de US$ 750 milhões. Além disso, a Irani aprovou a contratação de linha de crédito de financiamento no valor de R$ 250 milhões. A JBS, por sua vez, anunciou mudança acionária relevante. A Petrobras (PETR4) recebeu R$ 1,8 bilhão à vista referente a compensação por Sépia e Atapu.

Confira mais destaques:

Ambipar (AMBP3)

A Ambipar (AMBP3) aprovou a precificação de uma oferta de Green Notes por sua subsidiária integral, Ambipar Lux S.À R.L., no valor total de US$ 750 milhões, com remuneração de 9,875% ao ano, com prazo de 7 anos e vencimento em 6 de fevereiro de 2031 pela companhia.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Os recursos líquidos da oferta serão utilizados para o refinanciamento de obrigações financeiras contribuindo na melhoria da estrutura de capital da Companhia, sendo ainda aplicados para financiar ou refinanciar investimentos elegíveis verdes (Green Notes).

Petrobras (PETR4)

A Petrobras confirmou que participará das reuniões marcadas com representantes do Governo Federal e de companhias aéreas nesta quinta-feira. Não obstante, considerando que a participação da Petrobras nas reuniões mencionadas faz parte das atividades rotineiras da Companhia e que não houve qualquer decisão com relação ao preço do QAV (querosene de aviação) ou no modelo contratual de fornecimento para as distribuidoras, não há qualquer Fato Relevante a ser divulgado com relação ao tema.

A Petrobras ainda informou que recebeu, à vista, montante de R$ 1,819 bilhão, referente ao complemento da compensação firme (earnout) do exercício de 2023, do bloco de Sépia e Atapu.

Continua depois da publicidade

JBS (JBSS3)

A CRGI administrava 110.411.772 ações ordinárias de emissão da JBS, correspondentes a 4,97% do total de ações emitidas e informou que passou a administrar um total de 111.359.154 ações ordinárias de emissão da JBS, que representam 5,02% do total de ações emitidas.

Irani (RANI3)

O Conselho de Administração da Irani aprovou a contratação de linha de crédito de financiamento no valor de R$ 250 milhões com a Agência Especial de Financiamento Industrial S.A. – FINAME (BNDES). O montante poderá ser utilizado pelo prazo de dois
anos, prorrogável por mais um ano, e será utilizado como funding para investimentos
a serem realizados pela Companhia.

Priner (PRNR3)

A Priner (PRNR3) iniciou uma oferta pública de distribuição primária de, inicialmente, 6,25 milhões de ações ordinárias, nominativas, escriturais e sem valor nominal, a serem emitidas pela empresa. A oferta será realizada no Brasil, em mercado de balcão não organizado, sob o rito de registro automático de distribuição.

A quantidade de ações inicialmente ofertada poderá ser aumentada em até aproximadamente 166,67%, ou seja, em até 10,41 milhões de ações ordinárias, para atender a um eventual excesso de demanda. As ações adicionais serão emitidas nas mesmas condições e pelo mesmo preço das ações inicialmente ofertadas.

BRB (BSLI4)

O BRB (BSLI4) concluiu o processo de seleção de assessores financeiros para a realização de oferta pública de ações do BRB (follow-on), com vistas à expansão de seus negócios. Foram selecionados para prestação de assessoria financeira à possível oferta de ações, os bancos BTG Pactual, XP e Citigroup.