Safra de balanços

Ambev (ABEV3): lucro líquido atribuído a controlador recua 11,6% no 3º trimestre, a R$ 2,5 bilhões

Já o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado da Ambev atingiu R$ 4,410 bilhões no terceiro trimestre, 4,0% abaixo

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

A Ambev (ABEV3) registrou lucro líquido de R$ 2,498 bilhões no terceiro trimestre deste ano, 11,6% inferior aos R$ 2,824 bilhões registrados em igual período de 2018. Este resultado é atribuído à participação dos controladores.

O lucro líquido ajustado da fabricante de bebidas foi de R$ 2,441 bilhões entre julho e setembro, queda de 15,8% no comparativo anual. Em informe de resultados, a companhia afirma que a piora do desempenho reflete a maior despesa de imposto de renda – no período, a linha ficou em R$ 222,0 milhões.

Esse movimento, porém, foi parcialmente compensado pela menores despesas financeiras líquidas, de R$ 305,8 milhões neste trimestre, ante R$ 660,7 milhões um ano antes, observa a empresa.

Aprenda a investir na bolsa

Já o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado da Ambev atingiu R$ 4,410 bilhões no terceiro trimestre, 4,0% abaixo do registrado em igual período do ano passado, enquanto a margem Ebitda ajustado ficou em 36,9%, contra 41,5%.

Nas operações brasileiras, o Ebitda caiu 13,3%, para R$ 2,404 bilhões, prejudicado por uma alta dos custos por produtos vendidos (CPV) e do mesmo indicador na base por hectolitro.

A receita líquida consolidada subiu 8,1% no terceiro trimestre, para R$ 11,958 bilhões, com acréscimo no volume de 0,8% e crescimento na receita líquida por hectolitro (ROL/hl) de 7,2%. No critério orgânico, a receita consolidada aumentou 5,9% no período.

Seja sócio das melhores empresas da Bolsa: abra uma conta na Clear com taxa ZERO para corretagem de ações