Aeroportos: 60% dos leitores acreditam que privatização deve encarecer as passagens

Leitores do Portal Infomoney afirmam que privatizar os aeroportos terá influência de 100% no preço das passagens

SÃO PAULO – Durante a avaliação feita no Portal InfoMoney à respeito da privatização dos aeroportos de Guarulhos, Viracopos e Brasília, perguntamos aos nossos leitores “Qual a probabilidade de a privatização dos aeroportos refletir em aumento de tarifas ao consumidor?”. Para 60%, dos 1828 respondentes, a concessão deve influenciar no preço das passagens, com probabilidade de 100%.

Dos participantes da pesquisa, 9% disseram que há 50% de chance da privatização influenciar no preço das passagens aéreas, enquanto 7% acreditam que as passagens não sofrerarão influência.

Segundo dados da avaliação, 5% acreditam que a probabilidade de encarecimento das passagens está entre 80% e 90%, já 4% afirmam que é de 70%.

PUBLICIDADE

Os leitores disseram também que a probabilidade das passagens aéreas ficarem mais caras é de 10% ou 30%, com 3% das respostas cada.

Por fim, 2% disseram que a probabilidade é de 20% e 2% de 60%, enquanto 1% afirmou que a chance das passagens ficarem mais caras é de 40%.

Sem influência
Para o governo, a concessão dos aeroportos não terá influência sobre o preço das passagens.

De acordo com o ministro da Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República, Wagner Bittencourt de Oliveira, a preocupação do governo ao realizar as concessões foi melhorar os serviços sem repassar os custos aos passageiros. “Tínhamos que introduzir concorrência no setor aeroportuário para que os aeroportos concorressem entre eles. Hoje as tarifas são tabeladas pela Infraero. Futuramente os terminais poderão disputar entre eles e reduzir tarifas”, afirma.