Em mercados / acoes-e-indices

Com bolsa fechada, índice de ADRs brasileiros sobe e destoa de clima de cautela nos EUA

Ativos brasileiros tiveram sessão volátil enquanto em Brasília dia foi agitado com chance de início da votação da reforma da Previdência na Câmara

ações índices gráfico alta bolsa mercado
(Shutterstock)

SÃO PAULO - Com o feriado de Revolução Constitucionalista deixando a bolsa brasileira fechada, o investidor ficou de olho no movimento dos American Depositary Receipts (ADRs) nesta terça-feira (9), com o principal índice de ativos brasileiros registrando alta, se descolando do dia entre perdas e ganhos das bolsas americanas.

O Exchange Traded Fund (EWZ), ETF que representa os papéis com maior peso no Ibovespa, fechou com ganhos de 0,90%, enquanto o índice Brazil Titans teve alta de 0,44%, a 25.609 pontos.

Entre os índices americanos, o Dow Jones recuou 0,08%, enquanto o S&P 500 teve leve alta de 0,12%. Já o Nasdaq subiu 0,54%. O dia foi de cautela com os investidores no aguardo de novidades sobre a política monetária do Federal Reserve, com o presidente do banco central americano, Jerome Powell, falando no Comitê de Serviços Financeiros da Câmara na quarta-feira.

Isso acontece logo depois que um relatório de empregos mais forte do que o esperado, que levantou questões sobre a política de taxas de juros do banco central. Os investidores procuram pistas sobre se o Fed vai cortar as taxas no final deste mês, como é amplamente esperado, ou se o banco central acha que a economia é forte o suficiente para manter a política econômica atual.

Entre os principais ADRs, os ativos PBR da Petrobras fecharam com leves ganhos de 0,25%, a US$ 16,04, após uma sessão de bastante instabilidade. Os ativos abriram com queda de mais de 1%, viraram para alta e depois passou a oscilar entre perdas e ganhos, conseguindo se recuperar no fim do dia.

Enquanto isso, os recibos de ações da Vale subiram 0,38%, para US$ 13,35, apesar da notícia de que a companhia foi condenada pela Justiça estadual de Minas Gerais a reparar todos os danos causados pela tragédia do rompimento da barragem I, da Mina de Córrego do Feijão, em Brumadinho.

O juiz da 6ª Vara da Fazenda Pública e Autarquias, Elton Pupo Nogueira, não fixou um valor para a mineradora pagar já que, segundo ele, "não se limita às mortes decorrentes do evento, pois afeta também o meio ambiente local e regional, além da atividade econômica exercida nas regiões atingidas".

Além disso, a Justiça manteve o bloqueio de R$ 11 bilhões da empresa e decidiu que metade deste valor pode ser substituído por outras garantias, como fiança bancária ou em juízo.

A Vale chegou a pedir que o valor integral fosse substituído por garantias, mas o juiz entendeu que, como a companhia teve um lucro de R$ 25 bilhões em 2018, não havia motivo para decidir a favor dela.

Ainda por aqui, o dia está agitado em Brasília, com a expectativa está sobre uma possível votação da reforma da Previdência na Câmara dos Deputados.

O governo tenta articular um andamento rápido das conversas no plenário, que poderia levar o texto-base da proposta a ser votado na Casa ainda hoje, com os destaques ficando para os próximos dias. Otimista, o presidente da Câmara Rodrigo Maia acredita ser possível encerrar todas as votações até sábado.

Por outro lado, durante a tarde, a oposição decidiu manter a obstrução (recursos regimentais para atrasar os trabalhos) em plenário para adiar a votação. Após reunião, o líder da oposição na Câmara, Alessandro Molon (PSB-RJ), disse que os deputados contrários à reforma vão apresentar o chamado kit obstrução com pedidos de adiamento da sessão ou de retirada de pauta para atrasar o início da votação da proposta de emenda à Constituição.

Confira o desempenho dos principais ADRs brasileiros na NYSE:

Empresa ADR Variação Preço
Petrobras PBR +0,25% US$ 16,04
Petrobras PBR.A +0,45% US$ 14,57
Vale VALE +0,38% US$ 13,35
Itaú Unibanco ITUB +0,31% US$ 9,77
Bradesco BBD +0,59% US$ 10,30
Embraer ERJ +0,79% US$ 20,53
Cemig CIG +0,13% US$ 3,92
Ambev ABEV +0,30% US$ 4,96
CSN SID +0,22% US$ 4,49
Santander BSBR +0,29% US$ 12,23
BRF BRFS -0,62% US$ 8,86
Ultrapar UGP +1,65% US$ 5,24
Sabesp SBS -0,16% US$ 12,79
Pão de Açúcar CBD +0,79% US$ 24,18
Eletrobras EBR +1,12% US$ 9,49
Telefônica Brasil VIV +0,08% US$ 13,28
TIM TSU -0,32% US$ 15,65
Gerdau GGB +0,63% US$ 3,98

Quer investir melhor o seu dinheiro? Clique aqui e abra a sua conta na XP Investimentos

 

Contato