Em mercados / acoes-e-indices

Ibovespa Futuro cai com dados dos EUA e investidores esperam envio da reforma ao plenário

Mercado repercute exterior negativo e deixa um pouco de lado a euforia pelo avanço da reforma da Previdência na Comissão Especial da Câmara

ações índices gráfico alta bolsa mercado
(Shutterstock)

SÃO PAULO - Após a euforia dos investidores na véspera com a votação do relatório da reforma da Previdência na Comissão Especial, que levou o Ibovespa para uma nova máxima histórica acima dos 104 mil pontos, a sessão desta sexta-feira (5) é de maior cautela. Lá fora, as bolsas caem em meio aos dados de emprego dos Estados Unidos. 

O contrato do Ibovespa Futuro com vencimento em agosto registra às 9h48 (horário de Brasília) queda de 0,31%, a 103.770 pontos, enquanto o dólar futuro com vencimento no mesmo mês tem leve alta de 0,22%, a R$ 3,818, seguindo o movimento dos mercados futuros de Wall Street. 

No mercado de juros futuros, a maioria dos contratos opera em alta. O DI para janeiro de 2020 sobe três pontos-base a 5,86%, o de janeiro de 2021 tem ganhos da mesma ordem, a 5,7%, o DI para janeiro de 2023 avança sete pontos-base a 6,53% e o DI de janeiro de 2025 varia oito pontos-base positivamente a 7,05%.

Relatório de Emprego

De acordo com o Departamento do Trabalho dos EUA, foram criadas 224 mil novas vagas de emprego em junho. O resultado veio acima da mediana das projeções dos economistas consultados pela Bloomberg, que esperavam um acréscimo de 160 mil empregos. 

Já a taxa de desemprego em junho foi para 3,7%, uma leve alta ante os 3,6% do mês passado. A expectativa era de manutenção nos níveis de maio. 

Outro número importante, o avanço na remuneração por hora trabalhada foi de 0,2%, ante 0,3% esperados pelos economistas e dos 0,3% registrados em maio. 

Commodities

Vale destacar que, entre as commodities, os preços do petróleo operavam entre alta e baixa, diante das preocupações com as perspectivas de crescimento econômico global, em meio às tensões geopolíticas no Oriente Médio.

Já os futuros do minério de ferro seguiram a correção de ontem, após as altas acumuladas até o meio desta semana, e fecharam em forte queda. 

A commodity teve queda também após maior grupo siderúrgico da China instar governo a controlar preço. A Associação de Ferro e Aço da China “está relatando problemas relevantes na indústria”, pedindo uma investigação e supervisão mais fortes para manter a ordem normal do mercado.

Previdência

No Brasil, os investidores seguem de olho nos próximos passos da Previdência após a aprovação do texto do relator Samuel Moreira (PSDB-SP) na Comissão Especial.

O relatório base da reforma da Previdência foi aprovado por 36 votos a 13 e, posteriormente, os deputados se debruçaram sobre os destaques – última etapa antes do texto poder ser encaminhado ao plenário da Câmara dos Deputados, onde será submetido a dois turnos de votação e precisará do apoio de 3/5 dos membros da casa, o equivalente a pelo menos 308 deputados.

A votação dos destaques encerrou-se por volta das 2h00 da madrugada desta sexta-feira. Foram rejeitados, em bloco, 99 destaques individuais e analisados, individualmente, outros 17 destaques de partidos – a maioria deles negados, como os que procuravam abrandar regras de aposentadoria para profissionais da segurança pública e professores.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), anunciou em rede social que a reforma da Previdência começará a ser analisada no Plenário na próxima terça-feira.

“A Câmara deu hoje um importante passo. Essa foi a nossa primeira vitória e, a partir da próxima semana, vamos trabalhar para aprovar o texto em Plenário, com muito diálogo, ouvindo todos os nossos deputados, construindo maioria”, escreveu.

Invista melhor o seu dinheiro: abra uma conta gratuita na XP

Expert XP

Acontece hoje o segundo dia da nona edição da Expert XP 2019, um dos eventos de investimentos mais relevantes do mundo. O evento debate os temas mais importantes do momento na política e na economia, além de abordar temas como inovação, empreendedorismo e carreira.

Hoje, estão previstas as participações dos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia; do Senado, Davi Alcolumbre; do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli. Está programada também a participação do ex-presidente do Federal Reserve Ben Bernanke, entre outros palestrantes.

O evento trará ainda personalidades com histórias inspiradoras, que contarão suas experiências e os desafios que enfrentaram rumo ao sucesso. Entre elas, estão o nadador Michael Phelps, o maior medalhista olímpico da história.

Notícias corporativas

A Petrobras (PETR3; PETR4) selecionou quatro pré-propostas entre as que recebeu pela Líquigas, segundo o jornal Valor Econômico. As interessadas – GP Investment, fundos Mubadala, Advent e Itaúsa – terão que apresentar até o início de agosto propostas vinculantes.

A publicação diz que Mubadala e Itaúsa (ITSA4) são favoritas. O preço de referência para a venda é de R$ 2,8 bilhões, com base na proposta barrada pelo Cade, da Ultragás (que tenta novamente arrematar a Liquigás, mas por meio de um dos consórcios já selecionados).

A varejista online B2W (BTOW3), dona dos sites Submarino e Americanas.com, tem realizado testes para a entrega de produtos com drones, diz o Valor.

A experiência, por enquanto, acontece no trânsito entre o centro de distribuição da empresa e pontos de venda. Os equipamentos têm autonomia de 10 km e transportam mercadorias de pequeno porte, como celulares, tablets e acessórios.

(Agência Estado, Agência Brasil e Agência Câmara)

 

Contato