Em mercados / acoes-e-indices

Ibovespa sobe 1,5% e supera os 101 mil pontos; DIs despencam com Copom

Mercado tem novo dia de otimismo, tirando o atraso em relação à forte alta registrada no EWZ ontem

Ações
(Shutterstock)

SÃO PAULO - O Ibovespa opera em alta nesta sexta-feira (21) seguindo o movimento dos ADRs (na prática, as ações brasileiras negociadas nas bolsas dos EUA) no feriado.

Ontem, enquanto a B3 estava fechada, o índice EWZ, que reflete o desempenho dolarizado da bolsa brasileira, fechou em alta de 2,03% em Nova York. O desempenho foi puxado pelas sinalizações de cortes de juros nos bancos centrais do mundo todo, além da valorização do petróleo. 

Às 12h13 (horário de Brasília), o Ibovespa subia 1,47% a 101.772 pontos, enquanto o dólar comercial cai 0,83% a R$ 3,8161 na compra e a R$ 3,8181 na venda. Enquanto isso, o dólar futuro para julho tem queda de 0,55% a R$ 3,8205. 

Quarta-feira (19), o Comitê de Política Monetária (Copom) manteve os juros brasileiros em 6,5% ao ano, e sinalizou que os juros devem cair em breve. 

No mercado de juros futuros, o DI para janeiro de 2021 recuava 14 pontos-base a 5,85%, ao passo que o DI para janeiro de 2023 despenca 22 pontos-base a 6,65%. 

Os bancos centrais do Japão e da Inglaterra acompanharam as indicações de relaxamento monetário tanto no Federal Reserve quanto no Banco Central Europeu (BCE) e mantiveram o compromisso de manter as taxas de juros baixas para acomodar os impactos da guerra comercial entre Estados Unidos e China. 

Também o petróleo deve animar as ações da Petrobras (PETR3; PETR4) hoje em meio a tensões entre os EUA e o Irã. 

Segundo o jornal New York Times, o presidente norte-americano, Donald Trump, aprovou ataques militares contra vários alvos iranianos, mas abruptamente retirou a ordem de lançamento ontem à noite. 

Os bombardeios seriam retaliação contra o país persa, que abateu um drone norte-americano na véspera. Aviões militares e navios estariam prontos para atacar alvos iranianos, mas nenhum míssil foi disparado.

Após disparar mais de 5% ontem, o petróleo segue em alta nesta sexta. O barril do WTI avança 0,81% a US$ 57,53, ao mesmo tempo em que o barril do Brent – usado como referência pela Petrobras – sobe 1,3% a US$ 65,29. 

Copom

O Banco Central deve reduzir a taxa básica de juros da economia, a Selic, já na próxima reunião, em 31 de julho. Essa é a opinião de 63% dos investidores consultados numa pesquisa da XP Investimentos. 

O tamanho do corte pode ser de até 0,5 ponto percentual, na opinião dos entrevistados. Para 28%, a Selic não deve ser reduzida em julho.  

Noticiário corporativo

O jornal Valor Econômico destaca que a decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) de permitir a retomada das operações de processamento de minério de ferro a úmido na mina de Brucutu, em São Gonçalo do Rio Abaixo (MG) abre novas perspectivas para a Vale (VALE3).

Segundo a publicação, as operações da mineradora na região devem ser retomadas entre hoje e amanhã. Além disso, a empresa já começa a vislumbrar a possibilidade de retomada da produção em outras minas, paralisadas desde o dia 25 de janeiro, após a tragédia de Brumadinho.

Já a Petrobras (PETR3; PETR4) informou ontem que iniciou a fase vinculante da venda integral de sua participação na Liquigás Distribuidora.

Nessa etapa do processo, explica a empresa, os interessados classificados para a fase vinculante receberão cartas-convite com instruções detalhadas sobre o processo de desinvestimento, incluindo as orientações para a realização de due diligence e para o envio das propostas vinculantes.

A JBS (JBSS3) comunicou ao mercado que concluiu na quarta-feira o pagamento de R$ 2,7 bilhões (equivalentes a US$ 700 milhões) relativos à amortização de parte das dívidas reguladas pelo Acordo de Normalização e mantidas junto às instituições financeiras signatárias no Brasil.

Segundo a empresa, esse pagamento reflete a estratégia “de reduzir o montante das suas dívidas que possuem garantias e consequentemente de suas despesas financeiras, além de estender o prazo médio de pagamento para 6,1 anos, melhorando, assim, o perfil de seu endividamento”.

As maiores altas dentre as ações que compõem o Ibovespa são:

Cód. Ativo Cot R$ % Dia % Ano Vol1
 JBSS3 JBS ON 22,20 +4,47 +91,57 101,64M
 CCRO3 CCR SA ON 14,63 +4,28 +33,88 67,38M
 UGPA3 ULTRAPAR ON 21,80 +4,06 -16,96 89,63M
 PETR3 PETROBRAS ON N2 31,95 +3,60 +26,22 179,06M
 EMBR3 EMBRAER ON 19,23 +3,44 -11,30 31,12M

As maiores baixas dentre as ações que compõem o Ibovespa são:

Cód. Ativo Cot R$ % Dia % Ano Vol1
 SMLS3 SMILES ON 43,09 -2,49 +5,72 46,75M
 NATU3 NATURA ON 58,78 -1,54 +31,34 71,54M
 SBSP3 SABESP ON 47,17 -1,50 +49,75 34,02M
 AZUL4 AZUL PN N2 44,78 -1,37 +24,39 23,75M
 GOLL4 GOL PN N2 32,46 -1,10 +29,32 89,57M
* - Lote de mil ações
1 - Em reais (K - Mil | M - Milhão | B - Bilhão)

Bolsas Internacionais

Os mercados asiáticos fecharam sem sinais definidos, em meio às tensões geopolíticas. Ontem, Trump havia afirmado ter sido um “grande erro” o ataque do Irã aos drones, num post no Twitter.

O movimento acabou anulando o bom-humor dos mercados das últimas sessões, por conta do viés "dovish" adotado por grandes bancos centrais, nas recentes decisões monetárias, como a dos Estados Unidos e a do Japão, conjuntamente à repercussão da possibilidade de uma nova rodada de negociações comerciais sino-americanas.

Na Europa, as bolsas operam em alta, mesmo com as tensões externas, puxadas por empresas dos ramos de petróleo e gás.

Entre os indicadores, destaque para o Índice de Gerente Compras (PMI, na sigla em inglês) da Zona do Euro, subindo a 47,8 pontos em junho, ante 47,7 de maio. Apesar da alta, o índice ficou pouco abaixo do estimado pelo mercado.

Quer investir com corretagem ZERO na Bolsa? Clique aqui e abra agora sua conta na Clear!

 

Contato