Em mercados / acoes-e-indices

Como o Mestre dos Derivativos ficou rico com opções e por que decidiu ensinar sua estratégia

O matemático e analista Su Choung Wei conheceu  especialistas em derivativos de vários cantos do mundo, estudou a fundo suas fórmulas e desenvolveu estratégias vencedoras de precificação de opções; hoje ele se se dedica a ensinar 

Su Choung Wei
(Divulgação)

SÃO PAULO – A alcunha de mestre que os próprios alunos deram para o professor Su Choung Wei tem razão de ser. Um dos maiores especialistas do Brasil na precificação de opções, ele criou uma legião de discípulos que seguem seus ensinamentos com uma proporção de sucesso surpreendentemente alta.

Su nasceu em Taiwan há 51 anos, mas seus pais vieram para o Brasil quando ele ainda era bebê. Cansados das dificuldades que passavam – o governo impunha até racionamento de comida para a população -, eles chegaram em São Paulo em busca de uma condição de vida melhor. 

Quando ainda era criança, ele já acompanhava o preço das opções pelo jornal impresso. Não sabia muito bem para que aquilo servia, mas descobriu um fenômeno interessante. “Eu notei que o preço tinha um padrão de degradação com o passar do tempo. E fui entendendo como acontecia”, afirma.

Su era considerado um gênio da matemática: vencia competições de cálculo e de xadrez - jogando com vendas nos olhos. Mas sempre se baseou em variações numéricas e padrões, enquanto o ensino de matemática na escola era focado em uma outra metodologia. Por isso, ciências era sua matéria favorita naquela época.

Quando terminou o ensino médio, resolveu fazer faculdade de biologia. Durante o curso, se especializou em bioquímica e logo conseguiu emprego em um grande laboratório, onde tomou contato com uma fórmula chamada de Equação de Henderson-Hasselbalch, utilizada para calcular o pH de soluções.

Percebeu que que ao juntar esta equação com uma outra (que media a oxidação de produtos), chegaria em uma terceira fórmula – e ela fazia todo sentido para calcular o efeito da passagem do tempo em qualquer elemento.

Como a equação funcionava em tudo que tivesse alguma relação temporal, ele resolveu aplicá-la no cálculo de preço de opções. Isso porque este tipo de ativo tem uma forte ligação com a passagem do tempo: toda opção tem vencimento e seu preço muda à medida que ele se aproxima.

Su substituiu algumas variáveis químicas da fórmula pelas variáveis “tempo” e “volatilidade”. E deu certo. “Eu consegui calcular com boa precisão a degradação do preço das opções”.

Participe do Workshop gratuito com o Mestre dos Derivativos: Trava Horizontal de Linha – a estratégia com opções em que o tempo joga a seu favor

Durante anos, ele usou este método que criou em 1988 para suas estratégias no mercado de derivativos. A fórmula era bem mais simples do que o modelo de precificação de opções Black-Scholes, que foi criado em 1995 e até hoje é um dos mais utilizados no mundo.

A precisão da fórmula fez com que um banco a comprasse e usasse para calcular o preço das opções de Café no mercado de commodities. Su passou a oferecer consultoria para este e outros bancos, além de ajudar fundos de investimentos a descobrir possíveis brechas matemáticas que pudessem fazer com que os gestores perdessem dinheiro.

Ao longo da carreira, Su ainda trabalhou no banco central de 3 países diferentes: Brasil, Argentina e Uruguai, além de várias corretoras de valores.

O método malaio

Quando já tinha acumulado um bom dinheiro com o trabalho, ele decidiu fazer faculdade de matemática. Entrou no IME-USP (Instituto de Matemática e Estatística da Universidade de São Paulo). Durante o curso, a universidade o procurou para traduzir alguns documentos que estavam escritos em taiwanês, língua em que é fluente.

Foi quando ele conheceu uma antiga tecnologia desenvolvida na Malásia. Percebeu que uma das equações poderia ser usada para calcular o preço de opções de maneira ainda mais simples do que a fórmula que ele tinha criado anos antes. “Uma pessoa com uma calculadora de 4 operações conseguia calcular o valor justo de uma opção”, diz. Era o que ele viria a chamar de método malaio.

Ao longo dos anos seguintes, Su teve contato com especialistas em derivativos de vários cantos do mundo, como Áustria, Bulgária, Índia e Rússia. Estudou a fundo suas fórmulas e desenvolveu ainda mais sua própria estratégia de precificação destes ativos.

Ele decidiu então usar todo o conhecimento que tinha para operar full time no mercado de opções com o próprio dinheiro. Iniciou com apenas R$ 20 mil e só parou cerca de cinco anos depois, quando já tinha acumulado o suficiente para não precisar mais trabalhar. Comprou imóveis, investiu em fundos imobiliários e em outros ativos financeiros.

Participe do Workshop gratuito com o Mestre dos Derivativos: Trava Horizontal de Linha – a estratégia com opções em que o tempo joga a seu favor

Mas mesmo com dinheiro no bolso, sentia que faltava um propósito maior. Algum tempo depois, decidiu que de nada adiantaria ter tanto conhecimento se guardasse tudo para si. “Resolvi que ensinaria para outras pessoas as estratégias que mudaram a minha vida”.

Hoje, Su é professor de vários cursos online onde ensina suas técnicas de precificação de opções. Em um deles, chamado Sala do Mestre dos Derivativos, um ambiente online permite que os alunos interajam entre si e com ele, mostrando operações e tirando dúvidas sobre as transações que estão em andamento.

Pouco antes de se matricular no curso, o aluno Marcos Janneshevitz tinha amargado uma série de prejuízos no mercado de ações. Com as estratégias que aprendeu nas aulas, ele passou a ganhar dinheiro com opções. “O professor Su pega tópicos muito complexos e transforma em coisas simples”, diz.

Um outro aluno mandou um depoimento emocionante. “Este mês eu precisei gastar R$ 4.600 em um exame para o meu filho autista e todo este valor foi pago com ganhos de uma operação que aprendi no curso. Sinta-se orgulhoso por isso, professor. Eu também acho que estes segredos [as estratégias de opções] tinham que ser compartilhados”, escreveu.

Prova da sua capacidade de simplificação são os vídeos em formato de pílulas diárias no Instagram, em que ele monta estruturas de opções em apenas um minuto. “Minha ideia é mostrar para o maior número de pessoas o funcionamento destas estratégias”, diz Su.

Participe do Workshop gratuito com o Mestre dos Derivativos: Trava Horizontal de Linha – a estratégia com opções em que o tempo joga a seu favor

 

Contato