Em mercados / acoes-e-indices

Ibovespa cai e perde os 96 mil pontos puxado por Petrobras e Vale; dólar recua para R$ 3,82

Apesar da alta do petróleo, as ações da Petrobras caíram mais de 1% com investidores estrangeiros decepcionados com a cessão onerosa

bolsa queda índices mercados
(Shutterstock)

São Paulo - O mercado até tentou um respiro à tarde, mas o Ibovespa voltou a cair perto do fechamento puxado pelas ações de empresas ligadas a commodities como Petrobras e Vale, perdendo assim os 96 mil pontos. No noticiário da mineradora, pesaram os boatos de que a companhia será denunciada criminalmente pelo Ministério Público. 

O principal índice da B3 recuou 0,35%, a 95.952 pontos, com volume maior do que o negociado nos últimos dias. O giro na Bolsa foi de R$ 14,3 bilhões. 

Enquanto isso, o dólar comercial caiu 0,78% a R$ 3,8232 na compra e a R$ 3,824 na venda, ao mesmo tempo em que o dólar futuro para maio tinha queda de 0,7% a R$ 3,829. 

Pela tarde, a moeda norte-americana acelerou as perdas depois do ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmar em Nova York que a meta das privatizações é atingir US$ 20 bilhões e que US$ 12 bilhões já teriam sido vendidos "de forma silenciosa". 

No caso dos juros futuros, o DI para janeiro de 2021 registrou perdas de dois pontos-base a 7,07% ao passo que o DI para janeiro de 2023 teve baixa de seis pontos-base a 8,17%.

O dia foi de agenda lotada no exterior. Nos Estados Unidos, a ata da última reunião do Fomc (Comitê Federal de Mercado Aberto, na sigla em inglês) deixou a porta aberta para mais aumentos de juros caso as condições econômicas melhorem. O banco central dos EUA votou por unanimidade para não aumentar os juros básicos do país em março. 

Mais cedo, o BCE (Banco Central Europeu) reiterou que vai manter os juros onde estão pelo menos até o fim de 2019. Ainda fica no radar a reunião extraordinária do Conselho Europeu sobre o Brexit.

A chanceler alemã, Angela Merkel, disse que a União Europeia pode decidir por uma extensão mais longa do prazo para a saída do Reino Unido do que a pedida pelo governo britânico, mas seria flexível o bastante para permitir o divórcio "rapidamente" assim que Londres aprove o Acordo de Retirada negociado com o bloco.

Quer investir com corretagem ZERO na Bolsa? Clique aqui e abra agora sua conta na Clear!

Por aqui, saiu a inflação oficial do IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) do IBGE, que veio em 0,75% em março, acima do esperado. A expectativa mediana dos economistas consultados pela Bloomberg era de 0,63%. A taxa também veio acima do 0,43% registrado em fevereiro. O dado foi o maior para um mês de março desde 2015, quando a inflação subiu 1,32%. O IPCA acumulado no ano está em 1,51%. 

Na política, Paulo Guedes além de falar em privatizações, prometeu alto crescimento em breve e disse que em até 4 meses devem ser unificados de 3 a 4 impostos. Ele disse que “ignorância” e “egoísmo” explicam a resistência a mudanças na Previdência. 

Os investidores repercutem ainda a leitura que ocorreu ontem do parecer sobre a reforma da Previdência na CCJC (Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania) da Câmara dos Deputados, com sinalizações de que o cronograma para a votação seja cumprido à risca. 

O analista político da MCM Consultores Associados, Ricardo Ribeiro, afirmou que a leitura do parecer da reforma da Previdência não é motivo de “muita comemoração” e não altera a expectativa de que proposta passe apenas em agosto na Câmara, com aprovação final no Senado em novembro. “O governo está melhorando a articulação, mas de forma tímida”, disse. 

Além disso, em meio às tratativas das reformas, o governo tenta emplacar uma agenda positiva. Entre elas está a revogação de mais de 250 normas que, para a equipe econômica, atrapalham o ambiente de negócios. Além disso, o governo pretende criar um imposto federal único, com parte dos recursos compartilhados entre Estados e Municípios. Hoje, o ministro da Economia, Paulo Guedes, faz apresentação na “XP Investments Conference Brazil: First 100 Days”.

Noticiário corporativo

A União fechou acordo com a Petrobras (PETR3; PETR4) para encerrar uma disputa de seis anos referente à revisão do contrato de cessão onerosa, após decisão do Conselho Nacional de Pesquisa Energética (CNPE), que na reunião anterior, já havia marcado o leilão do excedente para 28 de outubro. O valor acertado de US$ 9,058 bilhões, equivalente a R$ 33,6 bilhões, ficou um pouco abaixo do aguardado pelo mercado.

A Vale (VALE3) informou que a BSG Resources foi condenada a pagar à companhia brasileira um montante de US$ 1,246 bilhão, mais juros e despesas, por fraude e violações de garantias, por um tribunal arbitral em Londres. Segundo fato relevante, a empresa brasileira foi induzida a constituir uma joint venture para exploração da concessão de uma mina de minério de ferro na República da Guiné. A Vale pontuou, porém, que não garantias quanto a prazo e a valores de recebimento.

Já a Cemig (CMIG4) subiu com elevação de recomendação pelo JPMorgan e Marfrig (MRFG3) avançou com notícias de que está em tratativas avançadas para se tornar, no médio prazo, o maior fornecedor do McDonald’s no Brasil. Desde 2017, a JBS (JBSS3) é fornecedora exclusiva de hambúrguer ao McDonald's no Brasil. Naquele ano, a companhia desbancou a BRF (BRFS3), que até então fornecia parte do hambúrguer da rede de fast food. 

As maiores baixas, dentre as ações que compõem o Índice Bovespa, foram:

 Cód. Ativo Cot R$ % Dia % Ano Vol1
 CSNA3 SID NACIONALON 16,11 -3,65 +82,24 285,05M
 BTOW3 B2W DIGITAL ON 36,65 -3,55 -12,78 201,73M
 SUZB3 SUZANO S.A. ON 43,13 -3,51 +13,26 239,91M
 ESTC3 ESTACIO PARTON 26,98 -3,23 +13,55 67,18M
 ENBR3 ENERGIAS BR ON 17,10 -2,84 +21,92 55,29M

As maiores altas, dentre os papéis que compõem o Índice Bovespa, foram:

 Cód. Ativo Cot R$ % Dia % Ano Vol1
 CMIG4 CEMIG PN 14,67 +4,26 +5,84 289,23M
 NATU3 NATURA ON 46,46 +4,17 +3,81 103,87M
 CIEL3 CIELO ON 9,72 +3,85 +12,55 236,81M
 ELET6 ELETROBRAS PNB 36,14 +3,26 +28,29 117,14M
 RENT3 LOCALIZA ON 31,58 +3,20 +6,47 246,49M

As ações mais negociadas, dentre as que compõem o índice Bovespa, foram :

 Código Ativo Cot R$ Var % Vol1 Vol 30d1 Neg 
 PETR4 PETROBRAS PN N2 28,78 -1,30 1,79B 1,83B 61.504 
 ITUB4 ITAUUNIBANCOPN ED 34,09 -0,18 894,28M 711,40M 32.628 
 VALE3 VALE ON 51,76 -1,13 813,42M 1,04B 31.123 
 BBDC4 BRADESCO PN EJB 35,79 -1,43 426,82M 574,96M 24.618 
 BBAS3 BRASIL ON 48,81 +0,74 380,56M 608,48M 23.696 
 ABEV3 AMBEV S/A ON 17,55 -0,79 352,60M 370,29M 29.653 
 BRFS3 BRF SA ON 24,98 +2,08 311,59M 164,52M 26.881 
 CMIG4 CEMIG PN 14,67 +4,26 289,23M 138,93M 41.518 
 CSNA3 SID NACIONALON 16,11 -3,65 285,05M 279,46M 24.161 
 ITSA4 ITAUSA PN 11,82 -0,51 260,26M 264,52M 16.435 

* - Lote de mil ações
1 - Em reais (K - Mil | M - Milhão | B - Bilhão)
IBOVESPA

 

Contato