Em mercados / acoes-e-indices

Ibovespa cai 0,3% e adia "sonho" dos 100 mil pontos; dólar sobe para R$ 3,84 com "efeito China"

Índice tem sessão de ajuste após bater máxima na véspera com noticiário doméstico mais fraco e atento ao cenário externo

Ações
(Shutterstock)

SÃO PAULO - Em queda durante praticamente todo o pregão, o Ibovespa chegou a perder o patamar dos 98 mil pontos, mas conseguiu se recuperar, ainda que sem força para virar para o positivo. Com isso, a bolsa brasileira se descolou dos principais índices globais, sendo pressionado pelos dados abaixo do esperado na China e pelo adiamento do encontro entre Donald Trump e Xi Jinping.

Com isso, o índice fechou com queda de 0,30%, aos 98.604 pontos, após cair para 97.775 pontos na mínima do dia. O volume financeiro ficou em R$ 12,369 bilhões. O dólar comercial, por sua vez, subiu 0,91%, cotado a R$ 3,8480 na venda, enquanto o dólar futuro com vencimento em abril teve alta de 0,94%, a R$ 3,854.

A moeda seguiu o enfraquecimento das divisas emergentes após os dados abaixo do esperado da produção industrial na China. A produção industrial no país teve expansão anual de 5,3% no primeiro bimestre, menor do que a alta de 5,5% prevista por analistas.

O índice futuro apontava para uma sessão de ganhos, mas os ganhos foram amenizados após a notícia da Bloomberg - e posteriormente confirmada pelo secretário do Tesouro americano, Steven Mnuchin - de que um encontro entre os presidentes dos Estados Unidos, Donald Trump, e da China, Xi Jinping, para resolver a guerra comercial não acontecerá neste mês e é mais provável que ocorra em abril, o que aumentou a aversão ao risco do mercado. 

Além disso, o mercado segue monitorando os progressos sobre a reforma da Previdência e os dados econômicos dos EUA. Ontem, a CCJ (Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania) da Câmara dos Deputados foi instalada e elegeu seu novo presidente: o deputado Felipe Francischini (PSL-PR). 

A deputada Bia Kicis (PSL-DF) foi eleita 1ª vice-presidente. A CCJ será a comissão pela qual passará a Reforma da Previdência em sua primeira etapa. A PEC será analisada do ponto de vista constitucional.

Conforme destaca o Valor, a reforma já tem maioria para ser aprovada pela CCJ. Dos 66 integrantes, 33 disseram ser favoráveis ao projeto e mais 3 do PP, que estão em missão oficial, também apoiarão a admissibilidade do projeto, segundo líderes do partido. São precisos 34 votos - metade mais 1 - para a aprovação.

Vale ressaltar que ontem o Ministério da Defesa encaminhou à pasta da Economia, a Reforma da Previdência dos militares, com modificações em cinco leis. Segundo o Estadão, a proposta inclui a reestruturação de toda a carreira das Forças Armadas, incluindo aumento de salário para a categoria, ponto em que há divergências entre a equipe econômica e o núcleo militar.

Como parte dos esforços para a aprovação das mudanças na Previdência, o ministro da Economia, Paulo Guedes, acertou com as lideranças do Congresso adiar a apresentação da proposta de emenda constitucional que retira as "amarras" do Orçamento e ficou conhecida como PEC do pacto federativo. 

Por outro lado, os principais contratos de juros futuros revertem parte da queda da véspera e registram alta, com os números acima do esperado no varejo atenuando a decepção da véspera com a produção industrial. As vendas no varejo tiveram alta de 0,4% em janeiro na comparação com dezembro com o ajuste sazonal, ante expectativa de alta de 0,1%.

Com isso, os contratos com vencimento em janeiro de 2021 tinham alta de 7 pontos-base, para 6,96%, enquanto os contratos com vencimento em janeiro de 2023 avançavam 11 pontos-base, a 8,08%.

Noticiário corporativo

O noticiário corporativo é movimentado. Segundo fontes ouvidas pela Bloomberg, o Banco do Brasil precificou a emissão de US$ 750 milhões em bonds de 5 anos a 4,75%. 

Já a Embraer divulgou os resultados do quarto trimestre de 2018, com um prejuízo líquido ajustado de US$ 6,6 milhões. A companhia ainda reafirmou as estimativas para 2019, divulgadas ao mercado em 16 de janeiro. 

A Braskem, por sua vez, anunciou prejuízo líquido de R$ 179 milhões no quarto trimestre de 2018, após lucro de R$ 313 milhões um ano antes, em meio à queda na produção de suas unidades no México e nos Estados Unidos. Por fim, a Petrobras foi elevada a ’compra’ pelo HSBC, com preço-alvo de R$ 32.

As maiores baixas, dentre as ações que compõem o Índice Bovespa, foram:

 Cód. Ativo Cot R$ % Dia % Ano Vol1
 NATU3 NATURA ON 47,23 -3,02 +5,53 50,36M
 GOLL4 GOL PN N2 26,80 -2,30 +6,77 77,11M
 BBSE3 BBSEGURIDADEON 27,52 -2,06 +2,16 91,76M
 KLBN11 KLABIN S/A UNT N2 17,61 -1,89 +11,01 43,39M
 ITSA4 ITAUSA PN ED 12,77 -1,62 +12,21 236,21M

As maiores altas, dentre os papéis que compõem o Índice Bovespa, foram:

 Cód. Ativo Cot R$ % Dia % Ano Vol1
 SMLS3 SMILES ON 50,89 +6,89 +16,66 66,39M
 USIM5 USIMINAS PNA 10,44 +3,37 +14,12 243,01M
 BTOW3 B2W DIGITAL ON 47,65 +2,96 +13,40 71,57M
 BRFS3 BRF SA ON 20,75 +2,22 -5,38 213,09M
 JBSS3 JBS ON 14,40 +1,98 +24,25 108,87M

As ações mais negociadas, dentre as que compõem o índice Bovespa, foram:

 Código Ativo Cot R$ Var % Vol1 Vol 30d1 Neg 
 PETR4 PETROBRAS PN N2 28,19 +0,32 1,19B 1,46B 48.286 
 VALE3 VALE ON 50,71 +0,02 869,82M 1,03B 25.622 
 BBDC4 BRADESCO PN EJ 45,51 +0,22 687,66M 711,65M 25.807 
 ITUB4 ITAUUNIBANCOPN ED 36,81 -1,58 643,08M 689,26M 29.781 
 BBAS3 BRASIL ON EJ 53,75 -0,76 432,05M 580,25M 23.675 
 ABEV3 AMBEV S/A ON 16,66 -1,42 333,46M 388,03M 24.159 
 PETR3 PETROBRAS ON N2 31,36 +1,36 268,81M 286,73M 20.515 
 CSNA3 SID NACIONALON 15,40 -0,58 262,82M 238,23M 18.279 
 USIM5 USIMINAS PNA 10,44 +3,37 243,01M 122,83M 24.755 
 ITSA4 ITAUSA PN ED 12,77 -1,62 236,21M 431,36M 26.435 

* - Lote de mil ações
1 - Em reais (K - Mil | M - Milhão | B - Bilhão)
IBOVESPA

Mercados mundiais

As bolsas europeias subiram, enquanto os índices norte-americanos ficaram estáveis, em meio a uma nova bateria de dados nos EUA e mais uma vez de olho no impasse sobre o Brexit.

Parlamentares britânicos aprovaram o pedido de extensão do Artigo 50 do Tratado de Lisboa, que define as regras do Brexit (saída do Reino Unido da União Europeia). Com isso, eles buscam adiar o prazo da saída de 29 de março para 30 de junho.

Foram 412 votos a favor e 202 contra e, apesar do resultado, ainda será necessária a aprovação da União Europeia para que o prazo realmente seja estendido. O governo do Reino Unido terá de justificar o pedido.

A provação foi uma rara vitória do governo em uma semana com muitas derrotas dentro da Casa. Mais cedo, os parlamentares negaram uma emenda ao texto que pedia pela realização de um segundo referendo de saída do grupo europeu.

Já as bolsas asiáticas tiveram um dia misto em meio aos dados abaixo do esperado na China. A produção industrial no país teve expansão anual de 5,3% no primeiro bimestre, menor do que a alta de 5,6% prevista por analistas.

Por outro lado, as vendas no varejo chinês tiveram ganho anual de 8,2% no primeiro bimestre, como se previa, e os investimentos em ativos fixos avançaram 6,1% na mesma comparação, superando a expectativa de alta de 6%.

No mercado de commodities, o petróleo tem leve baixa, mas o WTI segue acima dos US$ 58 o barril refletindo o dado inesperado de queda dos estoques americanos na véspera.

Invista melhor o seu dinheiro: abra uma conta GRATUITA na XP.

 

Contato