Em mercados / acoes-e-indices

A bolsa brasileira está entrando num ciclo promissor de alta; Fernando Góes e Henrique Bredda explicam por quê

Góes conversa com gestor do fundo Alaska Black, que rendeu 412% desde a sua criação em 2016

SÃO PAULO - O analista Fernando Góes, da Clear Corretora, recebeu o gestor Henrique Bredda, gestor do fundo Alaska Black, que rendeu 412% desde 2016, ou seja, elevou em cinco vezes o seu capital em apenas dois anos, para uma entrevista sobre o atual cenário do mercado brasileiro e global.

Os dois, com grande experiência em áreas diferentes - Góes na análise técnica e Bredda na fundamentalista - têm neste momento a mesma opinião: o Brasil está entrando em um ciclo promissor de alta.

Na conversa, eles explicam os motivos para acreditarem neste cenário positivo, mostrando tanto nos gráficos quanto no histórico da bolsa de que ciclos de alta ocorrem logo após as crises. De acordo com eles, quando tudo parece ir muito bem é porque o mercado já está atingindo seu topo, mas quando tudo parece que irá acabar é porque estamos em um fundo e oportunidades estão surgindo.

Bredda e Góes ainda falam do cenário de juros e mostram que a alta das taxas nos EUA, promovida pelo Federal Reserve, é uma notícia boa para o Brasil.

Por fim, a dupla também analisa como será o 2019 para o mercado, tanto no ponto de vista dos gráficos quanto da análise fundamentalista. O fundo Alaska Black está aberto para aplicação em várias plataformas, como a XP Investimentos. Se você quer investir no fundo, clique aqui e abra sua conta gratuitamente na XP.

Confira a entrevista no player acima ou no YouTube

 

Contato