Em mercados / acoes-e-indices

Petrobras fez em agosto US$ 1,45 bilhão em administração de passivos

Estatal também anunciou a troca de membros do Conselho de Administração  

Petrobras Gás - Bloomberg

SÃO PAULO - A Petrobras anuncia operações de pré-pagamento, renegociação de prazos e custos de dívidas além de um novo empréstimo, totalizando US$ 1,45 bilhão em agosto.

A nova linha de crédito é com o New Development Bank, no valor de US$ 200 milhões e com vencimento em 2030. Segundo comunicado da Petrobras, este é o primeiro empréstimo a uma empresa diretamente e sem garantia soberana feito pelo banco formado pelos países membros do BRICS. Os recursos serão utilizados para investimento" em projetos favoráveis ao meio ambiente, nas refinarias Duque de Caxias (REDUC) e Gabriel Passos (REGAP)."

As demais operações são um pré-pagamento de US$ 250 milhões ao HSBC que tinha como vencimento original 2022; além de renegociações com este mesmo banco e mesmo valor para o vencimento de 2023 e outra, também de US$ 250 milhões, postergada em um ano, para 2024. Já com o Bank of China, a linha de US$ 500 milhões foi alongada de 2020 para 2023.

Troca no Conselho de Administração
A Petrobras está convocando os acionistas para participarem de Assembleia Geral Extraordinária no dia 04 de outubro, às 15 horas. Na ocasião, será realizada a eleição de dois membros do conselho de administração indicados pelo acionista controlador. Os indicados são Durval José Soledade Santos e Ivan de Souza Monteiro, acumulando com a função de presidente.

Os acionistas também devem deliberar sobre a proposta de reforma do estatuto social da companhia, para alterar os artigos 30 e 53, bem como sua consolidação e a fixação da remuneração dos membros do Comitê de Auditoria Estatutário.

Quer proteger seus investimentos das incertezas das eleições? Clique aqui e abra sua conta na XP Investimentos

Contato