EXPERIMENTE!

Clique e experimente a
versão rápida do

Em mercados / acoes-e-indices

Ibovespa perde força após pesquisa eleitoral e de olho na guerra comercial

Destaque também para o resultado do IPCA em julho, que desacelerou para 0,33%, mas ficou acima do esperado pelo mercado

Urna eletrônica
(Agência Brasil)

SÃO PAULO - Depois de marcar máxima em 80.911 pontos, o Ibovespa perdeu força e recuava 0,20%, aos 80.180 pontos, às 13h28 (horário de Brasília) desta quarta-feira (8), com os investidores digerindo a pesquisa CNT/MDA, com Jair Bolsonaro (PSL) liderando a corrida presidencial em São Paulo, como de olho na guerra comercial após a China anunciar que irá tarifar em 25% uma cesta de produtos norte-americanos que soma US$ 16 bilhões.

O deputado Jair Bolsonaro mantém a liderança na corrida presidencial entre os eleitores do estado de São Paulo em cenário que desconsidera o nome do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso há 4 meses por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. O parlamentar tem 18,9% das intenções de voto nesta situação, em empate técnico com o ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB), que aparece com 15%. Na semana passada, a pesquisa Ibope apontou o tucano com 19% e Bolsonaro com 16% de intenção de votos no cenário sem Lula. 

Na sequência, aparecem a ex-senadora Marina Silva (Rede), com 8,4% e Fernando Haddad (PT), atual vice na chapa de Lula e nome cotado para substitui-lo ao longo do processo. O ex-prefeito da capital tem 8,3% das intenções de voto, tecnicamente empatado com Ciro Gomes (PDT), que tem 6%. O senador Álvaro Dias (Podemos) aparece com 1,8%, seguido por Guilherme Boulos (PSOL) e Vera Lúcia (PSTU), ambos com 1,1%, e Henrique Meirelles (MDB), com 1%.

Veja mais:
CNT/MDA: Sem Lula, Bolsonaro lidera corrida presidencial em São Paulo; Alckmin tem 15%
Defesa de ex-secretário de Alckmin diz que boato de delação é "mentira nojenta"
PT oferece munição para TSE barrar Lula antecipadamente com chapa 'triplex'

IPCA supera expectativa

Passado o efeito da greve dos caminhoneiros, o índice de inflação oficial desacelerou de 1,26% para 0,33% na passagem de junho para julho, enquanto as estimativas apontavam para uma alta de 0,26% no mês passado. Na comparação anual, a inflação avançou para 4,48%, também acima do esperado (+4,40%) e praticamente atingindo a meta de inflação do ano em 4,5%.

Repercutindo o resultado do IPCA e as preocupações com a guerra comercial entre China e EUA, os juros futuros com vencimento em janeiro de 2019 subiam 3 pontos-base, aos 6,66%, enquanto com vencimento em 2021 disparavam 11 pontos, atingindo 9,03%.

China vai ao "ataque"

A China confirmou nesta manhã que irá impor tarifas adicionais de importação de 25% sobre US$ 16 bilhões em produtos norte-americanos, que vão de petróleo e produtos siderúrgicos a automóveis e equipamentos médicos. A medida vem após o governo dos EUA afirmar que vai começar a cobrar 25% de tarifas sobre outros US$ 16 bilhões em produtos chineses a partir de 23 de agosto, depois de já terem imposto tarifas sobre US$ 34 bilhões em importações do país.

Os investidores também monitoraram dados da balança comercial do gigante asiático. As importações do país avançaram e ajudaram o superávit comercial a recuar a US$ 28,05 bilhões em julho, ante expectativa de US$ 39,10 bilhões dos analistas de mercado. O superávit comercial chinês com os EUA recuou a US$ 28,09 bilhões, após em junho ter batido recorde em US$ 28,9 bilhões.

Temporada de resultados

As ações da Gerdau (GGBR4) sobem forte repercutindo o resultado do segundo trimestre, que foi considerado muito forte pelos analistas de mercado. A companhia registrou lucro líquido consolidado de R$ 698 milhões no segundo trimestre, alta de 830% na comparação anual. Com ajustes, o lucro líquido disparou 407,5%, a R$ 746 milhões. O Ebitda ajustado subiu 56,8%, para R$ 1,756 bilhão, o melhor resultado trimestral desde 2008, com margem Ebitda 14,6%, alta de 2,4 pontos percentuais ante 12,2% um ano antes.

Segundo o BTG Pactual, o resultado foi muito forte, com o Ebitda vindo 15% acima do esperado pelo banco. "O consenso já vinha aumentando os números do Ebitda de R$ 1,4 bilhão para R$ 1,6 bilhão nas últimas semanas, mas mesmo assim a empresa superou as expectativas. A qualidade do resultado operacional foi boa: margem Ebitda no Brasil perto de 19,6% e nos EUA chegou a 9,2%. O resultado dos EUA realmente é um grande destaque aqui, com margens já chegando a quase 10% e acreditamos que melhora ainda mais no terceiro trimestre de 2018", avalia o banco. 

Figurando também entre as maiores altas do mercado, os papéis da CSN (CSNA3) reagem positivamente ao resultado acima do esperado no segundo trimestre.  A receita líquida consolidada atingiu R$ 5,066 bilhões, crescimento de 32%, o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado foi R$ 1,42 bilhão, alta de 58%, com margem Ebitda de 23,9%, ante 19,6% no segundo trimestre de 2017, devido a melhor performance de todos os segmentos, segundo a empresa.

A XP Research elevou a recomendação para as ações da empresa de neutra para compra, com preço alvo de R$ 13 e potencial de alta de 35%. "O resultado do segundo trimestre surpreendeu, e acreditamos que esta tendência se manterá para o segundo semestre. Além disso, vemos potenciais surpresas positivas por meio de venda de ativos até o final do ano", afirma Karel Luketic, analista de mineração e siderurgia.

Quer aproveitar essa oportunidade e ainda pagar a menor corretagem do Brasil? Clique aqui e abra sua conta na Clear

O analista destaca ainda que os preços de minério de ferro e de aço no mercado internacional devem continuar sustentados e acima da expectativa do mercado, o que ajuda a impulsionar os resultados da empresa ao longo dos próximos trimestres.

As maiores baixas dentre as ações que compõem o Ibovespa são:

C?d. Ativo Cot R$ % Dia % Ano Vol1
 VVAR11 VIAVAREJO UNT N2 22,37 -4,20 -8,47 39,96M
 MGLU3 MAGAZ LUIZA ON 141,40 -3,08 +76,75 149,95M
 CVCB3 CVC BRASIL ON 43,91 -2,85 -8,09 34,37M
 PCAR4 P.ACUCAR-CBDPN 83,50 -2,64 +6,76 52,15M
 KROT3 KROTON ON 10,79 -2,62 -40,38 51,37M

As maiores altas dentre as ações que compõem o Ibovespa são:

C?d. Ativo Cot R$ % Dia % Ano Vol1
 CIEL3 CIELO ON 14,17 +6,70 -38,28 100,57M
 GOAU4 GERDAU MET PN 7,85 +2,61 +36,27 81,15M
 SAPR11 SANEPAR UNT N2 45,65 +2,26 -19,29 12,24M
 ELET3 ELETROBRAS ON 16,65 +2,02 -13,91 23,27M
 SUZB3 SUZANO PAPELON 43,24 +1,91 +132,47 59,59M
* - Lote de mil a??es
1 - Em reais (K - Mil | M - Milh?o | B - Bilh?o)

Carteira InfoMoney na IMTV

O analista responsável pela Carteira InfoMoney, Thiago Salomão, apresenta as alterações do portfólio para agosto nesta quarta-feira e também explica a performance positiva da carteira, que acumula ganhos de 8,6% neste ano, 5 pontos percentuais à frente do Ibovespa. O programa será ao vivo às 11h00 e transmitido pela InfoMoneyTV. Clique aqui para conferir.

Cenário político

Além da expectativa pela pesquisa, entre os presidenciáveis, Marina Silva (Rede) se posicionou contra a participação de um representante do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em um debate da Band marcado para quinta-feira (9) e disse que o PT está respondendo por sua escolha de manter Lula candidato. Diante do clima eleitoral que esvazia as cadeiras do Congresso e indisposto a se debruçar sobre temas polêmicos, tanto a Câmara dos Deputados quanto o Senado devem evitar colocar em pauta projetos polêmicos como o da cessão onerosa e o da privatização de distribuidoras da Eletrobras.

Em relatório para comentar o resultado do mês de julho, a equipe da Verde Asset, gerida por Luis Stuhlberger, afirmou que mesmo que as pesquisas eleitorais ainda se mantenham estáveis, a movimentação de alianças reforçou o potencial da candidatura de Geraldo Alckmin, além de ajustar o "potencial estimado da candidatura Ciro [Gomes]". Apesar de ver no mês "mais do mesmo", os gestores destacam que o fim de agosto deve registrar um aumento da volatilidade do mercado por conta do início da propaganda eleitoral na televisão".

Contato