Em mercados / acoes-e-indices

Ibovespa sobe 2% e tem terceira semana seguida de alta; dólar cai e volta para R$ 3,85

Índice chegou a ameaçar uma sessão de realização mas virou e fechou no positivo junto com Wall Street

Ações
(Shutterstock)

SÃO PAULO - Após chegar a esboçar um dia de realização com o exterior, o Ibovespa ganhou força na tarde desta sexta-feira (13), recuperando o patamar de 76 mil pontos, também acompanhando a melhora de humor em Wall Street, com o índice S&P 500 subindo e atingindo sua máxima em quase cinco meses.

O benchmark da bolsa brasileira fechou com ganhos de 0,97%, aos 76.594 pontos, acumulando alta de 2,11% em sua terceira semana seguida de avanço. O volume financeiro neste pregão ficou em R$ 9,344 bilhões. O dólar comercial, por sua vez, registrou perdas de 0,86%, cotado a R$ 3,8508 na venda, fechando a semana com queda de 0,49%.

No exterior, as commodities tiveram queda, com cobre e minério de ferro recuando 0,5% com o resultado da balança comercial chinesa alimentando temores sobre novas sanções pelos EUA. A China registrou superávit comercial de US$ 41,61 bilhões em junho, enquanto o mercado esperava US$ 26 bilhões para o período. As exportações da China para os Estados Unidos tiveram crescimento de 13,6% no primeiro semestre deste ano, na comparação com igual período de 2017, para US$ 133,76 bilhões, o que pode ser usado por Trump para justificar novas medidas contra produtos chineses: “sem dúvida aumentará as chances de novas tarifas dos EUA serem impostas aos produtos chineses”, aponta relatório enviado aos clientes pelo Commerzbank.

De volta ao mercado brasileiro, no Ibovespa o destaque do dia ficou para a Cielo (CIEL3), que após chegar a cair 7,80% com a renúncia de seu CEO, virou para o positivo e encerrou o pregão com ganhos de mais de 2%. No campo negativo, atenção ainda para a Embraer (EMBR3) que mais uma vez ficou entre as maiores perdas do dia.

As maiores altas, dentre as ações que compõem o Índice Bovespa, foram:

 Cód. Ativo Cot R$ % Dia % Ano Vol1
 RADL3 RAIADROGASILON 74,75 +5,13 -18,22 159,00M
 CVCB3 CVC BRASIL ON 43,25 +4,37 -9,47 138,39M
 MULT3 MULTIPLAN ON N2 59,13 +4,30 -15,78 49,26M
 IGTA3 IGUATEMI ON 33,52 +3,78 -13,30 24,74M
 RENT3 LOCALIZA ON 23,73 +3,72 +7,81 113,02M

As maiores baixas, dentre os papéis que compõem o Índice Bovespa, foram:

 Cód. Ativo Cot R$ % Dia % Ano Vol1
 UGPA3 ULTRAPAR ON 42,93 -5,32 -42,09 159,97M
 EMBR3 EMBRAER ON 20,66 -4,62 +3,80 232,11M
 CPLE6 COPEL PNB 21,32 -1,89 -14,20 15,24M
 EQTL3 EQUATORIAL ON 57,00 -1,67 -11,66 104,51M
 BRFS3 BRF SA ON 22,78 -1,60 -37,76 91,93M

As ações mais negociadas, dentre as que compõem o índice Bovespa, foram:

 Código Ativo Cot R$ Var % Vol1 Vol 30d1 Neg 
 PETR4 PETROBRAS PN N2 18,11 +0,89 807,75M 1,09B 45.456 
 VALE3 VALE ON 50,31 -0,28 767,54M 753,05M 30.113 
 ITUB4 ITAUUNIBANCOPN 44,26 +2,55 574,30M 549,82M 33.387 
 BBDC4 BRADESCO PN EJ 29,07 +2,00 478,12M 405,52M 30.586 
 BBAS3 BRASIL ON 31,13 +2,54 307,74M 350,90M 18.994 
 B3SA3 B3 ON 23,82 +3,30 237,01M 245,71M 20.239 
 EMBR3 EMBRAER ON 20,66 -4,62 232,11M 127,96M 28.640 
 ABEV3 AMBEV S/A ON 18,44 +1,10 216,52M 278,46M 17.460 
 MGLU3 MAGAZ LUIZA ON 125,64 +1,84 211,41M 213,12M 7.068 
 VIVT4 TELEF BRASILPN 44,31 -0,40 202,46M 77,38M 14.705 

* - Lote de mil ações
1 - Em reais (K - Mil | M - Milhão | B - Bilhão)
IBOVESPA

Agenda econômica e pesquisa XP
Na agenda econômica, destaque para os dados de volume de serviços em maio publicados pelo IBGE, que recuaram 3,8% em maio, enquanto o mercado esperava queda de 4,1% no mês da greve dos caminhoneiros.

No calor do imbróglio jurídico que quase culminou em sua soltura no último domingo, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva viu o nível de apoio à sua candidatura atingir o maior patamar em um mês. Segundo pesquisa feita pelo Ipespe (Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas) entre 9 e 11 de julho, a oitava por encomenda da XP Investimentos, o líder petista tem 30% das intenções de voto na única simulação de primeiro turno que considera sua candidatura - confira a reportagem completa clicando aqui.

Veja mais:
- Apoio a Lula atinge maior patamar em um mês após vaivém jurídico, mostra XP/Ipespe
- Disparada de 9% pode ser só o começo da recuperação da Usiminas, diz Credit Suisse

O mercado também fica de olho nas notícias sobre o ajuste fiscal, em meio ao temor de "farra fiscal" com o Congresso adotando diversas medidas que podem gerar um impacto de cerca de R$ 100 bilhões nas contas públicas. Contudo, conforme aponta a Eurasia, o governo tem meios para evitar escorregão fiscal em 2018. A maioria das medidas será vetada pelo presidente Michel Temer, suspensa pelos tribunais ou compensada por outros aumentos de impostos; apesar de todo o ruído, as perspectivas para as finanças públicas no curtíssimo prazo melhoraram, afirma a consultoria.

O Valor, por sua vez, ressalta que o relator do projeto de lei da LDO aprovada na quarta, senador Dalirio Beber (PSDB-SC), incluiu no texto alguns dispositivos - que estão sendo chamados na área técnica de "jabutis do bem". O artigo 109 -A, por exemplo, mantido no texto, estabelece que uma despesa obrigatória sujeita ao teto de gasto só poderá ser criada em 2019 se outra despesa obrigatória em montante equivalente for cancelada. Com este comando geral, reajustes salariais ou criação de cargos poderão até ser propostos, mas quem o fizer terá que indicar qual despesa obrigatória será cortada.

Notícias do dia

Em destaque no noticiário, está a entrevista do presidenciável tucano Geraldo Alckmin à Folha de S. Paulo. Ele afirmou que, no que depender dele, estará junto com o DEM, em busca do apoio de um aliado histórico do PSDB, mas que tem flertado com o presidenciável Ciro Gomes (PDT).

Já o Estadão informa que Alckmin teve uma vitória, ao selar aliança com o PSD, de Gilberto Kassab. Enquanto isso, Ciro também se movimenta, e vai a São Paulo para negociar com o governador paulista, Márcio França. Já o PT, em cartada final, oferece apoio a candidatos do PSB (que também negocia aliança com o PSB) em cinco estados.

Quer investir em ações pagando só R$ 0,80 de corretagem? Clique aqui e abra sua conta na Clear

 

Contato