EXPERIMENTE!

Clique e experimente a
versão rápida do

Em mercados / acoes-e-indices

Conheça o trader amador que ganhou 5 vezes em 6 meses com opções

Convidado do apresentador Luiz Fernando Roxo, Cristiano Américo deu dicas preciosas sobre investimentos no programa "A Hora das Opções" de hoje, no InfoMoneyTV

Luiz Fernando Roxo
(Divulgação)

SÃO PAULO — O paulista Cristiano Américo é um brasileiro como tantos outros. Bancário, trabalha de segunda a sexta-feira em horário comercial. É no fim do dia, porém, que ele se diferencia da maioria esmagadora da população, atuando como trader amador. Mesmo em um cenário de instabilidade, nos últimos seis meses, ele já ganhou mais de cinco vezes com a “estratégia do pozinho” de opções.

Américo foi o convidado de hoje da edição desta segunda-feira (11) do programa “A Hora das Opções”, sob o comando de Luiz Fernando Roxo — sócio da ZenEconomics e professor dos cursos de opções do InfoMoney (veja aqui)  —, no InfoMoneyTV.

“Quebrei algumas vezes na Bolsa, principalmente com day trade”, disse ele, justificando por que decidiu partir para outro caminho. Após fazer o curso “Aprenda a Investir em Opções”, ministrado pelo próprio Roxo, e tendo apenas R$ 200 em conta, Cristiano Américo fez uma operação que deu resultado. Repetiu a estratégia e, hoje, admite que lucros de 300% ou 500% não são inalcançáveis. “A estratégia realmente funciona”, afirma ele, ressaltando que não se deve aplicar todo o patrimônio disponível, e sim algo em torno de 10%. “Por isso mesmo, nem é preciso muito dinheiro para começar.”

No programa, Luiz Fernando Roxo aproveitou para dar alguns exemplos de ofertas de “pozinhos e semipozinhos”, na faixa de até R$ 0,20, inclusive para quem ainda nunca fez nenhum investimento em opções. Para ele, há boas oportunidades à disposição dos investidores (como Petrobras, apesar da recente queda na Bolsa), mesmo em um cenário extremamente volátil, com oscilações na economia e, principalmente, em um ano eleitoral de prognóstico indefinido e que gera muitas especulações.

Assista, a seguir, “A Hora das Opções”:

Contato