Em mercados / acoes-e-indices

Forte queda do Ibovespa e disparada do dólar: o que fazer em meio ao caos do mercado?

Para Rodrigo Cohen, analista técnico da Rico Investimentos, investidor deve manter a calma e risco x retorno favorece a compra 

SÃO PAULO - Com o dólar disparando mais de 2% na máxima do dia, praticamente testando a faixa de R$ 4,00, e o Ibovespa despencando 6% no seu pior momento, retornando para o fundo de novembro do ano passado, o pregão desta quinta-feira (7) foi a definição do caos que o mercado está passando desde a perda dos 83 mil pontos. Diante deste cenário, muitos investidores se questionam: até onde vai essa queda do Ibovespa? Quais são os próximos passos do dólar? Qual a melhor estratégia neste momento? 

Para responder essas questões e traçar um panorama em meio ao caos instaurado pela alta volatilidade, a edição especial do Visão Técnica desta quinta-feira (7) recebeu o analista técnico da Rico Investimentos, Rodrigo Cohen.

No primeiro bloco do programa, o analista relembra do "Joesley Day" (18 de maio de 2017), pedindo para o investidor ter calma neste momento. Na sua avaliação, no atual patamar, o trader tem um risco x retorno mais favorável na compra.

Bloco 1: Ibovespa atrativo para compra e dólar próximo do seu objetivo de alta

No segundo bloco do Visão Técnica, Cohen comenta sobre o momento gráfico das principais blue chips do mercado e sugere operações envolvendo opções para aproveitar a atual volatilidade das ações da Petrobras (PETR4).

Bloco 2: aproveite toda a volatilidade das ações da Petrobras operando com opções

Por fim, no terceiro bloco, o analista da Rico Investimentos aponta 5 ações para o investidor deixar no seu radar para uma possível compra, visando uma recuperação do mercado após o teste do importante suporte e a longa sombra inferior formada.

Bloco 3: cinco ações para ficar de olho na compra depois da forte queda do mercado

Quer aproveitar as oportunidades citadas por Rodrigo Cohen? Clique aqui e abra sua conta da Rico

 

Contato