Em mercados / acoes-e-indices

Com derrocada do Ibovespa, Vale se mantém como o "último dos moicanos" na compra, diz analista

A leitura é do analista Fernando Góes, da Clear Corretora; veja a projeção completa no programa In The Money desta segunda-feira 

SÃO PAULO - Com queda de 13% do Ibovespa em 8 pregões e no menor patamar do ano, no seu pior pregão desde o "Joesley Day": será uma crise ou oportunidade? Segundo o analista técnico Fernando Góes, da Clear Corretora, o cenário ainda é nebuloso, principalmente para quem faz day trade, embora os gráficos semanal e mensal ainda sigam firmes. 

Para ele, o ponto para ficar de olho no Ibovespa é os 70.500 pontos no semanal - ou 6,5% abaixo do patamar atual-, que, se perdido, poderia mudar a configuração do índice e começar a virar para baixo no médio a longo prazo, mas esse não parece o cenário mais provável. Ainda assim, ele diz que não é hora de querer "pegar a faca caindo com a mão". Ou seja, tentar acertar um fundo para o mercado. 

Entre as blue chips, ele diz que a única que se mantém na compra é a Vale, mas por conta do movimento de queda generalizado do mercado não sabe se ela vai conseguir ir muito longe. 

A leitura completa sobre o mercado ele fez no programa "In The Money" desta segunda-feira. Confira abaixo:

 

Contato