Em mercados / acoes-e-indices

Banco Inter estreia na bolsa, 4 notícias sobre Petrobras e mais destaques do mercado

Confira os destaques do noticiário corporativo desta segunda-feira (30)

Petrobras
(André Valentim / Banco de Imagens Petrobras)

SÃO PAULO - O noticiário corporativo tem como destaque a estreia do Banco Inter na bolsa (a terceira no mês), quatro notícias sobre Petrobras, entre outros destaques. Confira no que se atentar:

Petrobras (PETR4)

De acordo com o jornal O Globo, a Petrobras está perto de decidir sobre venda de rede de gasodutos. A estatal já recebeu ofertas superiores a US$ 7 bilhões pelo ativo e deve decidir provavelmente na segunda-feira como o processo vai prosseguir. 

Já segundo o Valor, a Petrobras vetará propostas de empresas que tenham como principal atividade a comercialização global de petróleo e derivados de terceiros, conhecidas como tradings, no recém-lançado modelo de desinvestimentos na área de refino. Entre os critérios para participar da concorrência pelos blocos de refinarias do Sul e Nordeste, a companhia estipulou que poderão disputar apenas companhias com receita anual superior a US$ 5 bilhões que possuem ou operem ativos em toda a cadeia de petróleo e derivados, desde que não tenham como atividade-fim a comercialização dos produtos.

Além disso, a estatal mudou o preço da gasolina nas refinarias de R$ 1,7977 o litro para R$ 1,8072 o litro, do diesel de R$ 2,1112 o litro para R$ 2,0877 o litro. Os preços antes de impostos são válidos a partir de 1 de maio.

Eletrobras (ELET6)

O Conselho de Administração da Eletrobras aprovou na última sexta-feira (27) as condições do acordo a ser firmado com a Petrobras, Petrobras Distribuidora (BR) e a Companhia de Gás do Amazonas (Cigás) relacionadas a dívidas e obrigações pelo fornecimento de óleo e gás para as distribuidoras de energia controladas pela estatal elétrica na região norte do País, que são estimadas em R$ 20 bilhões. Os detalhes do acordo não foram divulgados.

Nesta manhã, a Petrobras informou que aprovou a negociação de recebíveis de controladas da Eletrobras. 

Banco Inter

O Banco Inter estreará na bolsa nesta segunda-feira com o ticker BIDI11. A precificação foi concluída na quinta-feira-feira: R$ 18,50, pouco acima do piso da faixa, de R$ 18 a R$ 23 reais, com o banco indo à bolsa com um valor de R$ 1,9 bilhão. 

Smiles (SMLS3)

Nesta segunda-feira, acontece ainda a eleição do Conselho de Administração da Smiles via voto múltiplo. Os analistas do Credit Suisse acreditam que a notícia seja positiva, uma vez que dá mais força aos minoritários. Os fundos representando os minoritários indicaram Felipe Dias (sócio da Visagio) como candidato.

CCX (CCXC3)

A CCX aprovou grupamento de totalidade de ações da companhia. A totalidade das ações ordinárias, nominativas e sem valor nominal de emissão da cia. serão grupadas, à razão de 10 para 1, de forma que cada lote de 10 ações ordinárias seja grupado em uma única ação ordinária, sem modificação do capital social, disse a companhia em comunicado.

os acionistas terão até 27 de maio de 2018 para ajustar suas posições acionárias em lotes múltiplos de 10 ações na B3 e, após o prazo, eventuais frações de ações resultantes do grupamento serão separadas, agrupadas em números inteiros e vendidas em leilão a ser realizado na B3, sendo o produto rateado aos acionistas.

Copasa (CSMG3)

A Copasa teve a recomendação reduzida de 'performance igual a do segmento' para 'performance abaixo do setor' pelo Scotiabank. O preço-alvo é R$ 46, o que configura um valor 8% menor do registrado na última sexta-feira (27).

Siderúrgicas

Segundo o Valor Econômico, México, Canadá, Argentina, Brasil e União Europeia tem até amanhã para negociar acordos alternativos às tarifas de aço e alumínio impostas pelo Estados Unidos, que visam controlar o excesso de importações. As tarifas impostas à China provocou troca de medidas protecionistas entre as duas maiores economias do mundo. Com isso, o Estados Unidos sinalizou a possibilidade de diminuir a ofensiva contra os dois metais para alguns países. Caso não haja acordos bilaterais a tempo, há esperança de que a data seja prorrogada.

Eletropaulo (ELPL3)

A Neoenergia publicou o segundo aditamento ao edital de oferta pública voluntária, que traz a exclusão da menção ao follow-on da Eletropaulo e a atualização do histórico do leilão. A empresa reitera que apenas atendeu à solicitação da CVM, e que poderá tomar medidas legais quanto ao cancelamento do processo.

Transmissão Paulista (TRPL4)

A operação de compra pela ISA Cteep de 50% do capital social total da Interligação Elétrica Sul, por meio da qual assumirá integralmente o controle da empresa, é aprovada sem restrições pelo Cade. O negócio foi fechado com a Cymi. A Iesul é responsável pelas subestações Scharlau e Forquilhinha, bem como as linhas de transmissão 230 kV Curitiba - Joinville Norte (100 km), 230 kV Siderópolis - Jorge Lacerda B (50 km) e 230 kV Scharlau - Nova Santa Rita, segundo website da ISA CTEEP.

Direcional Engenharia (DIRR3)

A Direcional Engenharia tem aval para compra de fatia na GTIS LX. A aquisição pela companhia de 35% de participação societária na GTIS LX Participações é aprovada sem restrições pelo Cade.

Após operação, empresas serão acionistas para atuar no desenvolvimento de empreendimento imobiliário residencial Pateo do Cambuci, no município de São Paulo e que contará com um total de 1.166 unidades, dividido em quatro fases.

Via Varejo (VVAR11)

Na Via Varejo, Peter Estermann renuncia à presidência; Flávio Fonseca da Silva é eleito presidente. 

Quer investir em ações pagando só R$ 0,80 de corretagem? Clique aqui e abra sua conta na Clear

 

 

Contato