Em mercados / acoes-e-indices

Petrobras reduz preço da gasolina, CEO da JBS vai à NY encontrar investidores e mais 6 destaques

Confira os destaques corporativos após o fechamento do pregão desta sexta-feira

Petrobras - Bloomberg
(Bloomberg)

SÃO PAULO - Junho se despede com um noticiário corporativo carregado nesta sexta-feira. Entre os destaques do pós-fechamento de pregão, a Petrobras anunciou reajuste dos preços dos combustíveis, o CEO da JBS foi à Nova York se encontrar com investidores e a Gerdau informou que vendeu metade de participação de unidade na Colômbia para formar joint venture no país.

Veja abaixo os 9 destaques corporativos desta noite:

Petrobras (PETR3; PETR4)
A Petrobras decidiu nesta sexta-feira reduzir o preço médio da gasolina nas refinarias em 5,9% e em 4,8% o do diesel, à medida que a companhia tenta se defender de importações crescentes de combustíveis pelos competidores, informou a empresa em comunicado. Segundo nota da estatal, os novos valores começam a ser aplicados a partir da 0h de 1º de julho.

Além disso, a estatal afirmou que decidiu alterar para provável a expectativa de perda em um processo judicial relacionado à repactuação do Plano Petros, plano de pensão dos empregados da empresa, após a Justiça confirmar uma sentença desfavorável à estatal. A estimativa atual de impacto negativo no resultado bruto consolidado no segundo trimestre de 2017 é da ordem de 6,5 bilhões de reais, afirmou a Petrobras. A companhia disse que avalia a possibilidade de quitação do débito no âmbito do Programa Especial de Regularização Tributária (PERT), cuja adesão termina em 31 de agosto.

Por fim, a petroleira realizou hoje uma operação de pré-pagamento de dívida junto ao banco canadense The Bank of Nova Scotia no valor de 500 milhões de dólares, com vencimento previsto para 2019, segundo comunicado da companhia. A estatal informou também que contratou simultaneamente um novo financiamento de 750 milhões de dólares, com vencimento em 2022, com o banco canadense.

Ultrapar (UGPA3)
A Ultrapar informou nesta sexta-feira que a superintendência-geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) declarou complexa a análise da compra da Liquigás pela Ultragaz. A Petrobras anunciou no ano passado a venda da Liquigás para a Ultragaz, subsidiária da Ultrapar, em negócio de 2,8 bilhões de reais. Na prática, a decisão da superintendência do Cade permite que o órgão antitruste possa requerer ampliação do prazo para análise do negócio em até 90 dias, alterando o prazo limite de 240 para 330 dias.

TIM (TIMP3)
A TIM informou nesta sexta-feira que concluiu a venda de torres para a American Tower, em um negócio de R$ 2,65 bilhões. Nesta sexta-feira, a empresa transferiu as últimas 54 torres de telecomunicação para a American Tower do Brasil por R$ 20 milhões. Este foi o sexto e último lote de venda de um total de 5.873 torres. 

JBS (JBSS3)
O CEO da JBS, Wesley Batista, que se manteve no comando da empresa após assinar um acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal, encontrou investidores na última semana em Nova York, disseram pessoas familiares com o assunto à Bloomberg. 

Nos encontros, Wesley tentou reforçar a confiança e incentivar investidores, depois que a empresa de sua família perdeu aproximadamente 1/3 do seu valor de mercado desde que gravações de Joesley com o presidente Temer vieram a público, em maio. 

Procurada pela Bloomberg, a assessoria de imprensa da JBS confirmou que Wesley esteve em Nova York para encontrar com partes interessadas, sem dar mais detalhes. 

Gerdau (GGBR4)
O grupo siderúrgico Gerdau anunciou nesta sexta-feira a venda de 50% de sua participação na Gerdau Diaco, na Colômbia, para a Putney Capital Management, formando uma joint venture no país. O valor da operação não foi informado. As empresas já são sócias na República Dominicana.

"Esse movimento está alinhado ao processo de otimização de ativos da companhia, com foco em rentabilidade e na redução de sua alavancagem financeira", afirmou a Gerdau em comunicado.

Oi (OIBR4)
A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) pede que a Oi SA levante capital e encontre uma solução para sua gigantesca dívida para assim evitar a medida “indesejável” de ser assumida pelo governo. 

Chegar a um entendimento com credores que permita a reestruturação da dívida de US$ 19 bilhões da empresa, que está em recuperação judicial, é urgente para a Oi se recompor e compensar uma situação crônica de falta de investimento, afirmou o presidente da Anatel, Juarez Quadros, em entrevista à Bloomberg por telefone. A Anatel é a maior credora da Oi.

Veja mais: Anatel pede que Oi faça captação e entre em acordo com credores (leia aqui)

Metal Leve (LEVE3)
A Metal Leve teve sua recomendação cortada para underperform (desempenho abaixo da média) nesta sexta-feira pelo Bradesco BBI, com preço-alvo em R$ 17,00.

A revisão deve-se pela incorporação de potenciais multas relacionadas a investigações recentes do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica), assumindo probabilidade de R$ 122 milhões contabilizados como provisões em
2017 e 2018, explica o analista Victor Mizusaki, que assina o relatório do banco. Segundo ele, essas provisões podem resultar em dividendos menores em cerca de 30% para 2017 e 2018. 

Via Varejo (VVAR11)
A Via Varejo, braço do GPA que reúne as cadeias de varejo de móveis e eletrodomésticos, informou nesta sexta-feira que seu conselho de administração elegeu Felipe Coragem Negrão para acumular o cargo de diretor de relações com investidores. Negrão, atual diretor de Finanças, Produtos e Serviços, substitui Alexandre Gonçalves, que apresentou pedido de renúncia, explicou a Via Varejo.

(Com Bloomberg, Reuters e Agência Estado)

 

Contato