Em mercados / acoes-e-indices

Saída de CEO, falência de subsidiárias da Oi, dividendos e mais notícias agitam o radar

Confira os principais destaques corporativos da noite desta quarta-feira (19)

Oi - Bloomberg
(Bloomberg)

SÃO PAULO - A noite desta quarta-feira (19) é bastante agitada, com diversas empresas passando a ficar "ex-dividendos" a partir de amanhã. Enquanto isso, a Eternit informou a saída de seu CEO, ao passo que a Corte holandesa decidiu pela falência de subsidiárias da Oi. Confira os destaques:

Dividendos
O Conselho da Hypermarcas (HYPE3) aprovou a proposta de pagamento de dividendos adicionais relativos ao exercício social encerrado em 31 de dezembro de 2016, no valor total de R$ 31.795.812,65, o que representa o valor de R$ 0,050897 por ação. Os dividendos serão pagos em 02 de maio com base na posição acionária desta quarta-feira (19)

Vale lembrar ainda, que ficam ex-dividendos nesta quinta-feira (20) os papéis da Estácio (ESTC3), QGEP (QGEP3), TIM (TIMP3) e Lojas Renner (LREN3).

Eternit (ETER3)
A Eternit informou que, em linha com o plano de reestruturação, Nelson Pazikas deixará o cargo de Diretor Presidente e Diretor de Relações com Investidores da companhia a partir desta quarta-feira. Além disso, o Conselho de Administração elegeu Luis Augusto Barcelos Barbosa para ocupar o cargo de Diretor Presidente.

Oi (OIBR4)
O grupo de telecomunicações Oi informou nesta quarta-feira que a Corte de Apelação da Holanda decretou a falência de duas subsidiárias da companhia brasileira. A decisão é passível de recurso.

"Esta decisão está restrita à jurisdição e lei holandesas, não é definitiva e está sujeita a recurso perante a Suprema Corte Holandesa. A Oi reitera que Oi Brasil Holdings e Portugal Telecom International Finance continuam em recuperação judicial no Brasil", afirmou a companhia em comunicado à imprensa.

A Oi comentou ainda que a decisão de converter em falência os procedimentos de suspensão de pagamentos das duas subsidiárias "não tem impacto sobre o dia a dia da companhia e suas atividades operacionais". Apesar da decisão, as ações da Oi encerraram em alta de 5,9%, cotadas a R$ 4,65 cada.

A Oi afirmou ainda que continua com sua operação saudável e "forte atuação comercial, mantendo suas vendas, instalações, manutenção e investimentos". A empresa comentou que "vem evoluindo" nas discussões sobre a melhor proposta de plano de recuperação judicial com credores, potenciais investidores e outros interessados, mas não deu detalhes.

No início do mês, o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, afirmou que as chances de intervenção na empresa pelo governo federal estavam aumentando conforme o tempo passa sem que o plano de recuperação seja aprovado pelos acionistas da Oi e por credores.

CSN (CSNA3)
O carregamento de minério de ferro no terminal da CSN em Itaguaí, litoral do Rio de Janeiro, foi interrompido após um acidente no sábado, disseram nesta quarta-feira duas fontes do mercado e a autoridade portuária estadual.

A CSN Mineração é a segunda maior exportadora de minério de ferro do Brasil, atrás da gigante Vale. "O terminal marítimo da CSN em Itaguaí... está mesmo com atividades de embarque e desembarque paradas. A paralisação é de uma área arrendada e a responsável pelas providências é a CSN", disse a Companhia Docas do Rio de Janeiro, em nota à Reuters.

A CSN confirmou a ocorrência de um acidente no sábado, com dois funcionários feridos sem gravidade que já retornaram ao trabalho, mas não informou a situação operacional do terminal.

O analista Leonardo Correa, do BTG Pactual, afirmou em nota a clientes que ainda é prematuro estimar os impactos da paralisação sobre os resultados da CSN, mas lembrou que a área de minério de ferro é responsável por mais de 50% da geração de caixa medida pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) da companhia.

"Apenas como um referencial de sensibilidade preliminar, assumindo um mês de perda nos volumes de minério de ferro, o Ebitda da companhia seria impactado negativamente em cerca de 200 milhões de reais", escreveu o analista. Ele acrescentou o porto da CSN é responsável por cerca de 10% das exportações de minério de ferro do Brasil e por 3,1% das importações da commodity pela China.

As ações da CSN encerraram em queda de 2,9% nesta quarta-feira, enquanto o Ibovespa teve recuo de 1,2%. A rival Usiminas fechou em estabilidade e a Gerdau teve queda de 0,75%.

As fontes disseram à Reuters que houve um problema num equipamento de transporte de minério no terminal. A CSN produziu 27,9 milhões de toneladas de minério de ferro em 2015, segundo o balanço mais recente da companhia. O terminal em Itaguaí tem capacidade de exportação superior a 42 milhões de toneladas de minério de ferro anualmente, segundo informações da companhia.

As escalas de navios e dados de rastreamento de embarcações em tempo real do Thomson Reuters Eikon mostram que há um navio da Tata Steel esperando para concluir o carregamento no terminal, com destino o Reino Unido. Um segundo navio de minério de ferro, da JFE Steel está ancorado na região do porto desde a última quinta-feira, aguardando para carregar rumo ao Japão.

"Isso gera um prejuízo por conta da não operação", disse o vice-presidente do Sindicato dos Estivadores e Trabalhadores em Estiva de Minérios do Rio de Janeiro, Marcelo da Silva Lima, que soube do acidente e da paralisação no terminal da CSN.

Uma fonte do mercado de frete na Europa disse à Reuters que 4 ou 5 navios da categoria capesize estão sendo reofertados, em busca de outros contratantes, devido à impossibilidade de carregar no terminal da CSN. A companhia não pode informar de imediato a previsão de retomada das atividades no terminal.

 

Contato