EXPERIMENTE!

Clique e experimente a
versão rápida do

Em mercados / acoes-e-indices

O call "óbvio" de 2017 e o movimento "impressionante" que pode vir das construtoras

O Comprar ou Vender deu início nesta terça-feira ao Especial Setores 2017, com análises das elétricas, construtoras e shopping centers

SÃO PAULO - O Comprar ou Vender - programa semanal da InfoMoneyTV - deu início nesta terça-feira (10) ao Especial Setores 2017, com as ações das elétricas, construtoras e shopping centers. 

No primeiro bloco, o analista Felipe Ferreira, que atua há 7 anos no setor elétrico dentro da Perfin Investimentos, disse por que as elétricas voltaram com tudo para o radar dos investidores e se transformaram no call "óbvio" para 2017. 

Entre as principais apostas do setor para este ano, Ferreira destacou três ações. São elas: Alupar (ALUP11) - maior exposição atualmente da Perfin -, Cesp (CESP6) e Equatorial (EQTL3). 

Já no segundo bloco, Guilherme Vilazante, que atua há mais de uma década no setor de construção civil e se juntou no ano passado ao time de análise da Eleven Financial, comentou sobre as perspectivas para imobiliárias e shopping centers para 2017.

Segundo ele, as construtoras estão operando com desconto muito alto em relação ao patrimônio, mas uma parte grande desse patrimônio deve virar caixa no próximo um ano e meio e esse é o movimento que, ele acredita, que o mercado tem que prestar atenção. "Estamos falando de um ganho potencial de 30% a 40% o valor de mercado das empresas. Isso vai voltar para o acionista, porque as empresas não estão com apetite para crescer e já têm terreno", comentou.

De acordo com Vilazante, as ações que mais devem se beneficiar disso são aquelas cujas empresas ainda têm estoque e vão receber o caixa, estão na classe média/alta e não estão alavancadas. Nesse universo, ele citou 3 ações: Eztec (EZTC3), Cyrela (CYRE3) e Even (EVEN3). "O mercado não vai pagar para ver antes, mas não subestime o tamanho do movimento de virada, acho que realmente vai impressionar", disse. 

Confira abaixo o programa desta terça-feira:

BLOCO 1: Elétricas - o call "óbvio" da Bolsa de 2017

BLOCO 2: O mercado não vai pagar para ver, mas não subestime o tamanho do movimento das construtoras

Veja os temas das próximas edições do Comprar ou Vender:

17/01 - Papel e celulose + Vale e siderúrgicas

24/01 - Petrobras + bancos e serviços financeiros

31/01 - Alimentos + educacionais

07/02 - As ações "super caras" da Bolsa + concessões e infraestrutura

Contato