Em mercados / acoes-e-indices

Ibovespa fecha sem direção e dólar despenca com correção ofuscando tensão política

Mercado não encontra um caminho definido com os investidores cautelosos em meio a novas gravações de Sérgio Machado explodindo sobre o governo Temer

Trader
(Bloomberg)

SÃO PAULO - O Ibovespa fechou estável nesta segunda-feira (30), dia de feriado nos Estados Unidos e em Londres, o que reduziu a liquidez do mercado. A Bolsa, após abrir em leve queda, a Bolsa virou para alta no meio da tarde puxada pelo desempenho das ações da Petrobras, que ganharam força com o petróleo, correção e a notícia da renúncia do seu atual CEO, Aldemir Bendine. 

O lado positivo do cenário macro foi a correção nas bolsas europeias depois das quedas por conta de expectativas de que o Federal Reserve eleve os juros nas próximas reuniões. Já por aqui, o governo Temer enfrenta mais uma crise com as novas gravações de Sérgio Machado mostrando Fabiano Silveira, ministro da Transparência, orientando o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), a omitir argumentos à Procuradoria-Geral da República no processo que investiga propina de R$ 800 mil em uma licitação da Transpetro. 

O benchmark da bolsa brasileira teve leve queda de 0,18%, a 48.964 pontos. O volume financeiro negociado na Bovespa foi de R$ 2,107 bilhões. Já o dólar comercial fechou com perdas de 0,92% a R$ 3,5774 na compra e a R$ 3,5779 na venda, enquanto o dólar futuro para junho tinha leve queda de 0,79% a R$ 3,578. No mercado de juros futuros, o DI para janeiro de 2017 tem leve baixa de 3 pontos-base a 13,64%, ao passo que o DI para janeiro de 2021 tem queda de 17 pontos-base a 12,74%. 

O diretor da mesa de trade da Mirae Asset Wealth Management, Pablo Spyer, lembra que hoje houve menos liquidez por conta do feriado nos EUA e em Londres, de modo que boa parte dos investidores tiveram medo de se posicionar hoje e serem obrigados a zerar amanhã dependendo de como abrirem as bolsas norte-americanas. "Você diminui os volumes com o medo de que os americanos mudem muito o mercado no dia seguinte", explica. 

Temer mantém ministro
O ministro da Transparência, Fiscalização e Controle, Fabiano Silveira, permanecerá no cargo, apesar da divulgação de gravações de conversas em que ele faz críticas à Operação Lava Jato e dá orientações para a defesa de investigados pelo desvio de recursos da Petrobras. A informação foi confirmada por assessores do Palácio do Planalto. De acordo com a assessoria, o caso foi uma das pautas da reunião de hoje (30) entre o presidente interino Michel Temer e o chefe da Casa Civil, ministro Eliseu Padilha. Feitas por pelo ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado em fevereiro, durante encontro na casa do presidente do Senado, Renan Calheiros, as gravações foram reveladas ontem (29) no programa Fantástico, da TV Globo.

Fala de Meirelles
O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, rebateu o sentimento de preocupação que pairou após a notícia de hoje do Estado de S. Paulo revelando que os líderes dos principais partidos políticos devem pedir ajustes nas reformas econômicas anunciadas semana passada para que elas sejam aprovadas.

"Surpreendente seria se fosse diferente [a reação dos líderes políticos]. Discutir as reformas propostas é o normal de uma democracia. Não esperava que elas fossem aprovadas diretamente", disse Meirelles nesta segunda durante evento realizado pela Câmara de Comércio França-Brasil, em São Paulo (SP).

Ações em destaque
As ações da Petrobras (PETR3, R$ 10,68, +1,81%; PETR4, R$ 8,38, +1,82%), fecharam em alta, com os preços petróleo registrando ganhos hoje. O barril do WTI (West Texas Intermediate) sobe 0,55% a US$ 49,60, ao mesmo tempo em que o barril do Brent tinha ganhos de 0,66% a US$ 50,28. 

Além disso, destaque para a notícia desta tarde de que Aldemir Bendine  entregou sua carta de renúncia nesta segunda-feira (30) em reunião do Conselho de Administração da estatal. Segundo o jornal O Globo, ele não estava presente, mas enviou um e-mail para comunicar a decisão e comentar a escolha de Pedro Parente para ser o novo presidente da petrolífera.

No radar da companhia, o Brasil pediu a Suíça acesso a arquivos contas ligadas a Petrobras. O pedido legal do Brasil para ver os documentos, ligados a uma conta bancária bloqueada, está atualmente em análise, disse o porta-voz do Ministério Público Federal suíço André Marty para a Bloomberg por e-mail. Marty confirmou o teor de reportagem publicada pelo jornal Schweiz am Sonntag. A Suíça congelou conta bancária em conexão com uma investigação sobre o caso Petrobras para determinar a origem dos fundos, disse o jornal. A conta foi utilizada para financiar campanhas políticas na América Central e do Sul, segundo a publicação.

Ainda na ponta positiva, as ações do Banco do Brasil (BBAS3, R$ 16,41, +1,74%) registraram ganhos após o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmar durante evento promovido pela Câmara de Comércio França-Brasil que não há pressa para vender participações do Fundo Soberano. "Não tente se antecipar aos movimentos se não você pode perder dinheiro", disse Meirelles. A citação faz referência às ações do Banco do Brasil, que fazem parte da composição do fundo e que caíram forte na semana passada por conta do anúncio do fim do Fundo". 

As maiores baixas, dentre as ações que compõem o Índice Bovespa, foram:

 Cód. Ativo Cot R$ % Dia % Ano
 MRFG3 MARFRIG ON 6,18 -3,29 -2,68
 USIM5 USIMINAS PNA 1,66 -2,35 +7,10
 EMBR3 EMBRAER ON 18,65 -2,15 -38,12
 GOAU4 GERDAU MET PN 1,94 -2,02 +16,87
 GGBR4 GERDAU PN 5,60 -1,58 +20,43

 

 

Dentro do setor mais pesado no Ibovespa, o financeiro, bancos grandes terminaram o dia entre perdas e ganhos. Itaú Unibanco (ITUB4, R$ 29,70, -0,03%) e Bradesco (BBDC3, R$ 25,45, -0,35%; BBDC4, R$ 24,00, -0,29%) ficaram praticamente estáveis.

Já a Vale (VALE3, R$ 14,28, -0,07%; VALE5, R$ 11,37, -0,18%) teve desempenho fraco em dia de queda do minério de ferro. A commodity spot com 62% de pureza e entrega no porto de Qingdao teve baixa de 1,72% a US$ 50,27 a tonelada seca.

As maiores altas, dentre os papéis que compõem o Índice Bovespa, foram:

 Cód.AtivoCot R$% Dia% Ano
 QUAL3 QUALICORP ON 15,75 +3,96 +17,76
 PETR4 PETROBRAS PN 8,38 +1,82 +25,07
 BBAS3 BRASIL ON EJ 16,41 +1,74 +12,89
 KLBN11 KLABIN S/A UNT N2 18,27 +1,50 -21,59
 RADL3 RAIADROGASILON 56,71 +1,49 +60,28

 

 

Entre as quedas, as ações da Cielo (CIEL3, R$ 31,30, -1,11%) registraram queda com a notícia de que Aldemir Bendine, que teria renunciado nesta tarde à presidência da Petrobras, irá para o comando companhia de cartões, conforme destaca o diretor da mesa de operações da Mirae Asset Wealth Management. De acordo com o blog Antagonista, Bendine receberá de salário, além de outras vantagens, mais de R$ 8 milhões por ano. 

As ações mais negociadas, dentre as que compõem o índice Bovespa, foram:

 CódigoAtivoCot R$Var %Vol1
 PETR4 PETROBRAS PN 8,38 +1,82 263,75M
 CIEL3 CIELO ON 31,30 -1,11 78,75M
 ITUB4 ITAUUNIBANCOPN 29,70 -0,03 74,34M
 ABEV3 AMBEV S/A ON 19,15 -0,78 71,36M
 VALE5 VALE PNA 11,37 -0,18 70,86M
 BBAS3 BRASIL ON EJ 16,41 +1,74 68,37M
 BBSE3 BBSEGURIDADEON 27,40 -0,72 61,64M
 BBDC4 BRADESCO PN 24,00 -0,29 50,81M
 BRFS3 BRF SA ON 45,50 -1,09 37,41M
 SUZB5 SUZANO PAPELPNA 14,25 -0,90 33,41M

* - Lote de mil ações 
1 - Em reais (K - Mil | M - Milhão | B - Bilhão)
 

Relatório Focus
Também tinha algum peso por aqui o Relatório Focus, com a mediana das projeções de diversos economistas, casas de análise e instituições financeiras para os principais indicadores macroeconômicos. A previsão para o PIB (Produto Interno Bruto) em 2016 subiu de -3,83% para -3,81%, sendo elevada também para 2017 de um avanço de 0,50% para 0,55%. Já no caso do IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), que é o medidor oficial de inflação utilizado pelo governo, as projeções são de que haja um avanço de 7,06% este ano, contra 7,04% projetados anteriormente.

A projeção da Selic aumentou 12,75% para 12,88% esta semana. Para 2017, as expectativas são de que a Selic chegue a 11,25%, contra 11,38% na semana anterior.

Nova sinalização do Fed
O presidente do Federal Reserve de St. Louis, James Bullard, disse nesta segunda-feira que não gostaria de se pronunciar agora sobre a possibilidade de aumentar a taxa de juros básicos e que gostaria de esperar por mais indicadores econômicos antes de tomar uma decisão no próximo mês.

"Sobre um aumento da taxa em junho ou julho, eu preferiria não opinar agora", disse Bullard, em entrevista coletiva à margem de um fórum do Banco da Coreia do Sul em Seul. Bullard, membro votante nas reuniões do Comitê Federal de Mercado Aberto do Fed, disse que quer ter em conta os dados disponíveis após o fim do primeiro trimestre, como o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) dos EUA.

Bullard descreveu o cenário mais recente de crescimento como "encorajador", mas "ainda fraco". O PIB dos EUA se expandiu a uma taxa anual ajustada sazonalmente de 0,8% nos primeiros três meses de 2016, a partir de uma estimativa inicial de crescimento de 0,5%, informou o Departamento de Comércio na sexta-feira. O ritmo mais rápido do que o esperado de crescimento, no entanto, ainda representa uma deterioração do crescimento no quarto trimestre de 1,4%.

 

Contato