EXPERIMENTE!

Clique e experimente a
versão rápida do

Em mercados / acoes-e-indices

Cemig destoa e dispara 9%; Petrobras 'ignora' petróleo e afunda 5%

Confira os principais destaques de ações da Bovespa nesta quarta-feira

painel bolsa
(Shutterstock)

SÃO PAULO - O Ibovespa descolou do mercado externo em dia de pregão reduzido e retorno do feriado do Carnaval, em meio a ajustes de posições de investidores - lembrando que a Bovespa ficou defasada em 2 pregões em relação aos mercados americanos. 

Entre as maiores pressões da Bolsa, as ações da Petrobras caíram cerca de 5% hoje, apesar do petróleo Brent ter fechado em alta em Londres. O papel seguiu o desempenho dos ADRs (American Depositary Receipts), que na véspera caíram 5% na Bolsa de Nova York. Já as ações dos bancos, Vale e siderúrgicas, que também iniciaram a sessão com fortes perdas, conseguiram se recuperar ainda durante a manhã. 

Por outro lado, destaque positivo para Cemig, que disparou 9%, liderando os ganhos do Ibovespa. Outras elétricas também registraram fortes ganhos hoje, como Cesp e Copel. 

Confira os principais destaques de ações da Bovespa nesta sessão:

Commodities
As ações da Vale (VALE3, R$ 10,20, -0,29%; VALE5, R$ 7,73, -0,77%) e as siderúrgicas Gerdau (GGBR4, R$ 4,21, +0,72%), CSN (CSNA3, R$ 4,35, -0,68%) e Usiminas (USIM5, R$ 0,97, -3,96%) abriram em queda de cerca de 5% nesta sessão, mas já conseguiram mostrar alguma recuperação ainda durante a manhã. No caso da Vale, suas ações preferenciais chegaram a afundar 4,88%, viraram para alta de 0,26% na máxima do dia, mas encerraram no negativo.

Já a Petrobras (PETR3, R$ 6,16, -4,23%; PETR4, R$ 4,31, -5,07%) se manteve praticamente durante todo o pregão com queda de 5%, mesmo com a alta dos preços do petróleo na sessão. No início da sessão, os papéis da petroleira foram influenciados pelos dois dias de Bovespa fechada por conta do feriado de Carnaval. Na véspera, os ADRs da Petrobras caíram 5% na Bolsa de Nova York, enquanto Vale e as siderúrgicas fecharam com baixa de cerca de 2%. Além disso, as perdas acumuladas do petróleo durante essas sessões prejudicou um pregão mais positivo para a companhia.

Apesar da queda hoje, lá fora, o petróleo Brent registrava alta de 3,03%, a US$ 31,22 o barril, após queda semanal nos estoques de petróleo nos Estados Unidos, conforme dados divulgados nesta tarde. Vale lembrar, no entanto, que entre o fechamento de sexta-feira e terça-feira, período em que a Bovespa esteve fechada, a commodity caiu mais de 10%.  

Nesta quarta-feira, o banco ANZ disse, em entrevista por email à Bloomberg, que espera que o minério de ferro caía abaixo de US$ 40,00 a tonelada nos próximos meses, em meio ao elevado estoque nos portos chineses, contra interrupções de fornecimento, incluindo a suspensão de um porto da Vale, o que sugere que as siderúrgicas não estão interessadas em reabastecer os estoques.

Elétricas
As ações das elétricas voltaram a chamar atenção nesta sessão, principalmente Cemig (CMIG4), que liderou os ganhos do Ibovespa, marcando alta de 9,11%, a R$ 6,35. Cesp (CESP6, R$ 23,95, +3,97%) e Copel (CPLE6, R$ 13,88,  +1,91%) acompanharam o movimento. Desde o fechamento do dia 19 de janeiro, esses papéis sobem 47%, 19% e 34%, respectivamente. 

Destoando dos demais, as ações da Cemig tiveram um forte rali entre o fechamento do dia 26 de janeiro e 1° de fevereiro, quando subiram praticamente 50%. No radar, uma elevação do Bradesco BBI, que passou a recomendar compra do papel. No dia 2 deste mês, um outro relatório mexeu com a ação. Desta vez, era o Itaú BBA, que destacou que o movimento não condizia com a realidade da empresa e recomendava venda do papel. No dia, a ação caiu 21%. Ainda assim, no acumulado, as ações ainda registram fortes ganhos.

Para saber mais sobre essas recomendações, confira: Itaú e Bradesco duelam para saber quem está certo sobre Cemig

CCR (CCRO3, R$ 12,78, -1,69%)
A CCR informou que sua controlada CPC (Companhia de Participações em Concessões fechou a compra de imóvel situado nos municípios de Cajamar e Caieiras, no Estado de São Paulo, pelo valor de R$ 387,415 milhões. Em outubro do ano passado, a CCR anunciou que iria comprar o terreno onde, futuramente, poderá ser implantado um novo aeroporto na região metropolitana de São Paulo (Nasp). O terreno, segundo informou na época, tem 12 milhões de metros quadrados.

Bancos
Seguindo o movimento de outras ações, os bancos Bradesco (BBDC3, R$ 21,14, +1,25%; BBDC4, R$ 19,78, +1,28%), Itaú Unibanco (ITUB3, R$ 24,92, +0,48%; ITUB4, R$ 24,73, -0,28%) e Banco do Brasil (BBAS3, R$ 13,69, 0,0%) amenizaram queda após abertura, quando marcavam desvalorização de cerca de 2%, fechando com leves ganhos.  

Grupo X
A 9 West Finance, subsidiária integral do grupo Mubadala, comprou fatias nas empresas do conglomerado criado por Eike Batista, OSX (OSXB3, R$ 0,15, 0,0%), CCX (CCXC3, R$ 2,87, -0,69%), Companhia Industrial de Grandes Hotéis, Rex Sul Empreedimentos e Rex Empreendimentos Imobiliários. O Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) aprovou a operação sem restrições por entender que as atividades do grupo Mubadala não guardam relação horizontal com as atividades das empresas adquiridas. Ainda dentro do noticiário corporativo do grupo, a OSX foi autorizada a operar um estaleiro no Rio de Janeiro até 4 de março. 

Embraer (EMBR3, R$ 28,59, +2,47%)
A Embraer teve alta nesta sessão, após o Alaska Air Group escolheu a brasileira para fornecer cerca de 60 aeronaves regionais à empresa - que pretende estender seus serviços para além de sua base Noroeste Pacífico, em mercados menores -, de acordo com duas pessoas familiarizadas com o assunto disseram ao jornal O Estado de S. Paulo.

A proposta de encomenda de 30 aeronaves E175 e 30 opções adicionais está avaliada em mais de US$ 2,6 bilhões a preços correntes, embora as companhias aéreas recebam grandes descontos, tipicamente. Os aviões serão operados pela subsidiária regional do Alaska Air Group, Horizon Air.

Para os analistas Flávio Conde e Pedro Galdi, da consultoria WhatsCall, a Embraer deve continuar a anunciar novos pedidos de clientes porque tem a melhor e mais eficiente aeronave para companhias pequenas e médias que precisam aviões menores para voos em pequena e média distância. Eles seguem recomendando compra no papel. 

Pão de Açúcar (PCAR4, R$ 40,10, -3,33%)
As vendas de cerveja em lojas Pão de Açúcar dispararam 83% durante o carnaval em relação ao mesmo período do ano passado, apoiadas em descontos em rótulos de cervejas especiais. 
Segundo a empresa, durante os dias de 5 a 9 de fevereiro, as vendas apenas de cervejas especiais saltaram 94% ante o Carnaval de 2015, ocorrido entre 13 e 17 de fevereiro. A empresa promoveu descontos de 50 por cento no preço de cervejas especiais durante o período nas 184 lojas da rede no país.

Gol (GOLL4, R$ 2,03, -8,56%)
Os papéis da Gol afundaram nesta quarta-feira em meio à notícia sobre a suspensão temporária de suas operações em Caracas, capital da Venezuela. O motivo da paralisação é que a Gol espera uma resolução da questão da remessa dos recursos da companhia no país. Vale lembrar que vigora há mais de 10 anos no país bolivariano um controle cambial que obriga a espera por um aval do Estado para que haja repasses de faturas em moeda estrangeira.

Leia também:

InfoMoney atualiza Carteira para fevereiro; confira

Analista-chefe da XP diz o que gostaria de ter aprendido logo que começou na Bolsa

Contato