Em mercados / acoes-e-indices

Bonificação do Itaú, novo conselho da Petrobras e mais 11 notícias no radar

Confira os principais destaques corporativos desta quinta-feira; a matéria será atualizada até a abertura da Bovespa às 10h (horário de Brasília)

Plataforma da Petrobras
(Bloomberg)

SÃO PAULO - A quinta-feira (30) inicia agitada no mercado brasileiro em semana mais curta na Bolsa por conta do feriado do Dia do Trabalho amanhã. Além da temporada de balanços do primeiro trimestre, que ganha força por aqui (hoje saíram os resultados da Vale (VALE3; VALE5), Minerva (BEEF3) e Embraer (EMBR3), entre outros), uma série de notícias ganham destaques hoje. Confira abaixo as principais notícias desta manhã: 

Petrobras
A Petrobras (PETR3; PETR4) renovou nove de seus dez conselheiros. Apenas o presidente do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), Luciano Coutinho, foi reeleito para o conselho da estatal. Na mudança, o Governo Federal permitiu quase uma mudança completa no conselho, com eleição de seis novos membros, dos sete que representam a União no colegiado. Na reunião, os acionistas aprovaram a indicação do governo do presidente da mineradora Vale, Murilo Ferreira, para presidir o conselho.  

CSN
A CSN (CSNA3) teve sua perspectiva rebaixada de estável para negativa pela Moody's em moeda local e estrangeira. O corte reflete a deterioração da indústria de aço brasileira.

Gafisa
A Gafisa (GFSA3) informou na quarta-feira que há grupos interessados em eventual compra de participação societária em Gafisa e Tenda, mas que até o momento não há proposta em vigor ou documento celebrado. A companhia, que não forneceu mais detalhes sobre as propostas, disse que uma potencial aquisição não vai afetar o processo de separação em vigor entre Gafisa e Tenda.

Itaú Unibanco
Os acionistas do Itaú Unibanco (ITUB4) aprovaram, em assembleia geral ordinária realizada ontem, aumento de capital no montante de R$ 10,148 bilhões, com bonificação de 10% em ações. 

Sabesp
A CVM (Comissão de Valores Mobiliários) vai julgar o governo de São Paulo sobre transações com a Sabesp (SBSP3) em 19 de maio.  

TIM
A TIM (TIMP3) concluiu a venda do 1° lote de torres, por R$ 1,9 bilhão, para a American Tower Brasil. O contrato prevê a venda total de até 6.481 torres de telecomunicações de propriedades da TIM pelo valor aproximado de R$ 3 bilhões, seguida da locação de tais torres pela TIM Celular. 

Metalúrgica Gerdau
Os acionistas da Metalúrgica Gerdau (GOAU4) aprovaram André Johannpeter como presidente do conselho da companhia. 

Eletrobras
A CVM vai julgar a União sobre descumprimento em votação na Eletrobras (ELET3; ELET6), segundo pauta de julgamento da autarquia publicada no Diário Oficial. O artigo prevê que acionista não poderá votar nas deliberações de assembleias relativas ao laudo de avaliação de bens com que concorrer para formação do capital social e à aprovação de suas contas como administrador. 

Multiplan
Além dos resultados, a Multiplan (MULT3) anunciou que pagará R$ 19,9 milhões em dividendo complementar.

OdontoPrev
A OdontoPrev (ODPV3), maior operadora de planos odontológicos da América Latina, informou, além do balanço do primeiro trimestre, que seu conselho de administração aprovou ontem a distribuição de R$ 59,9 milhões, correspondentes a R$ 0,113642 por ação, com pagamento até 3 de junho de 2015. 

Raia Drogasil
Após divulgação do balanço, o Santander elevou a recomendação da Raia Drogasil (RADL3) de manutenção para compra.

Restoque
O fundo Guepardo Investimentos reduziu sua participação na Restoque (LLIS3), varejista dona das marcas Le Lis Blanc, John John, Bô.Bô e Rosa Chá, para menos de 5%. 

OSX Brasil
A Justiça da Holanda declarou a falência das companhias OSX 3 HoldCo BV e OSX 3 Holding BV - subsidiárias da OSX Brasil (OSXB3). Em comunicado, a empresa diz que nenhuma das falências tem impacto relevante às atividades da OSX Leasing Group BV ou da OSX Brasil.  

 

Contato