Em mercados / acoes-e-indices

Petrobras diz desconhecer mudança no conselho; veja mais 9 notícias nos destaques

Confira o que chamou atenção no mundo corporativo após fechamento do pregão desta terça-feira

Petrobras Macaé Bloomberg
(Bloomberg)

SÃO PAULO - Após o fechamento do pregão, uma série de empresas divulgaram comunicados ao mercado. Entre os destaques, a Petrobras comentou que não foi informada sobre mudança no conselho, enquanto outras 3 companhia anunciaram seus resultados do quarto trimestre. Confira abaixo: 

Petrobras 
A Petrobras (PETR3; PETR4) informou hoje à noite que, até o momento, não foi informada pelo acionista controlador - o governo federal - da intenção de alteração na composição do conselho de administração. Mais cedo surgiram rumores de que Murilo Ferreira, CEO (Chief Executive Officer) da Vale, iria ocupar o posto que atualmente é ocupado por Guido Mantega, ex-ministro da Fazenda. Segundo a empresa, sete dos dez membros do conselho da estatal foram indicados ou apoiados pelo acionista controlador.

Sabesp
Os funcionários da Sabesp (SBSP3) aprovaram indicativo de greve para o dia 19, informou o Valor. Além disso, foi deliberada a convocação para reforçar a decisão um dia antes, 18, na sede do Sintaema (Sindicato dos Trabalhadores em Água, Esgoto e Meio Ambiente do Estado de São Paulo). Entre as reivindicações, estão a reintegração imediata dos 399 trabalhadores já demitidos da companhia, a discussão da participação dos funcionários no programa de pagamentos de resultados e o pagamento de adicional de periculosidade incidente sobre as horas extras.  

Braskem 
A Petrobras afirmou nesta terça-feira que o valor estimado dos aditivos ao contrato de fornecimento de nafta à petroquímica Braskem (BRKM5) é de R$ 5 bilhões, considerando preço vigente e quantidades contratadas na prorrogação por seis meses do acordo. A Braskem havia anunciado em 27 de fevereiro que tinha acertado com a Petrobras uma prorrogação do contrato vigente até 31 de agosto, enquanto tenta obter um acerto de longo prazo com a estatal para o fornecimento da matéria-prima.

Brasdesco
O Bradesco (BBDC4) comunicou que foram aprovadas, em assembleia geral extraordinária ocorrida nesta tarde, o aumento de capital de R$ 5 milhões, para R$ 43,1 bilhões, e a reforma parcial do estatuto social do banco.  

Even 
A Even (EVEN3) reportou lucro líquido de R$ 67,5 milhões no quarto trimestre de 2014, acumulando no ano inteiro lucro de R$ 252,4 milhões, frente os R$ 282,8 milhões apresentados em 2013. O Ebitda (Lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) fechou o período em R$ 96,6 milhões; no acumulado do ano, o número ficou em R$ 378,2 milhões. De acordo com a empresa, em 2014 foram entregues 36 empreendimentos, que somam R$ 2,3 bilhões em VGV (Valor Geral de Vendas) para a companhia.

Fras-Le
A Fras-Le (FRAS3) reportou receita líquida de R$ 186,5 milhões no quarto trimestre, crescimento de 2,6% na comparação com 2013. Já o lucro líquido da companhia expandiu 50% no período, para R$ 10,5 milhões.  

Bematech
A Bematech (BEMA3) encerrou o quarto trimestre com lucro líquido de R$ 12,478 milhões, crescimento de 1% na comparação com o mesmo período de 2013; no acumulado do ano, a cifra ficou em R$ 54,07 milhões, contra R$ 42,943 milhões um ano antes, ou expansão de 25,9%. 

Além do balanço, a companhia anunciou o pagamento de R$ 17,864 milhões em dividendos aos acionistas, valor que corresponde a R$ 0,35 por ação. O pagamento será feito em 2 de abril. O dia 10 de março é considerado a base para determinação do direito, sendo as negociações feitas posteriormente consideradas "ex-dividendos". 

Estácio
A Estácio (ESTC3) informou ao mercado após o fechamento do mercado nesta terça que a Lazard Asset Management adquiriu participação na empresa e passou a deter ontem 35.349.417 de ações ordinárias da companhia, correspondentes a 11,21% do capital social da Estácio. De acordo com comunicado da própria Lazard Asset Management, o total de ações mencionado é o conjunto de ativos detidos por fundos e contas de clientes administrados pela Asset.

Diagnósticos da América
A Dasa (DASA3) informou a renúncia do seu diretor-presidente administrativo e financeiro Marcio Ramos Fernandes. Para seu lugar, foi eleito pelo conselho da companhia Carlos de Barros Jorge Neto. 

Wilson Sons 
A Wilson Sons (WSON33) registrou um crescimento de 2% em sua movimentação de contêineres em fevereiro, na comparação anual.

(Com Reuters)

 

Contato