Em mercados / acoes-e-indices

Petrobras, recomendações e mais 8 notícias agitam o noticiário

Nos destaques, o fundo Aurelius enviou uma carta a credores da Petrobras renovando o pedido para que eles apresentem um aviso formal de default da companhia

Petrobras_estatal

SÃO PAULO - A terça-feira (3) inicia movimentada no mercado. A Petrobras (PETR3; PETR4) segue entre os principais destaques desta manhã. O Fundo de hedge Aurelius Capital Management enviou uma carta a credores da petroleira renovando o pedido para que eles apresentem um aviso formal de default depois que a companhia falhou em satisfazer os padrões IASB (International Accounting Standards Board) quando divulgou resultados do terceiro trimestre não auditados.  

Os covenants dos papéis exigem que o balanço seja preparado de acordo com as regras do IASB, disse Aurelius na carta, obtida pela Bloomberg. Caso ocorra a notificação de pelo menos 25% dos credores, a estatal teria 60 dias para divulgar os resultados satisfazendo os padrões, antes de ser decretado um default técnico.

Bancos
Além da estatal, chama atenção a temporada de resultados, com a divulgação de números de dois grandes bancos nesta manhã. O Itaú Unibanco (ITUB4), maior banco privado do país, anunciou hoje que teve lucro líquido de R$ 5,52 bilhões no quarto trimestre. Em bases recorrentes, o lucro foi de R$ 5,66 bilhões no período, alta de 20,9% ante igual período de 2013. A previsão média de analistas ouvidos pela Reuters era de lucro recorrente de R$ 5,367 bilhões.

Já o Santander Brasil (SANB11), maior banco estrangeiro no país, anunciou lucro líquido, ou societário, de R$ 578 milhões no quarto trimestre, alta de 7,7% ante os três meses imediatamente anteriores. Em bases recorrentes, ou gerenciais, o lucro da instituição foi de R$ 1,521 bilhão no quarto trimestre, aumento de 3,9% na mesma base de comparação.

Gafisa
A Gafisa (GFSA3) aprovou a criação de um programa de recompra de até 27 milhões de ações ordinárias, que correspondem a 10% das ações em circulação em mercado, com prazo de 365 dias, a contar de ontem. A operação será realizada através da Itaú Corretora, Votorantim Corretora e BTG Pactual. O programa ocorre após os papéis da companhia caírem cerca de 50% de maio do ano passado até ontem. 

BB Seguridade
Menos de dois anos após marcar sua estreia no pregão da BM&FBovespa, a BB Seguridade (BBSE3) superou na segunda-feira seu controlador, o Banco do Brasil (BBAS3), em valor de mercado. Após alta de 2,04% da ação, a BB seguridade fechou o dia avaliada em R$ 60 bilhões. Enquanto isso, a ação do BB recuou 2,2%, fazendo o valor de mercado do maior banco do país em ativos cair a R$ 57,88 bilhões.

JBS
A JBS (JBSS3) vai colocar em operação neste mês mais duas unidades de bovinos no País e espera crescer R$ 1 bilhão, informou o Valor. As plantas são localizadas em Araguaína (TO) e Iguatemi (MS). 

CCX
A CCX Carvão (CCXC3) disse que continua em esforços para vender os projetos de mineração a céu aberto de Cañaverales e Papayal e do projeto subterrâneo San Juan. Ao todo, são cinco concessões minerárias, sendo que duas delas a empresa esclarece que já obteve o deferimento da transação (IE4-11401 e GH2-101), sendo que outras duas está em vias de obter a transferência (GLL-15Z8 e HGS-13332). Em relação à última (GDI-081), a companhia disse que está adotando todas as providências e cumprindo as obrigações e atos para promover a transferência da referida concessão o quanto antes, tendo concluído com êxito o processo de integração das concessões que anteriormente compunham tal título.

Concessionárias
A Arteris (ARTR3) e CCR (CCRO3) têm recomendação outperform (desempenho acima da média) pelo Bradesco BBI. A Ecorodovias (ECOR3) é market perform (desempenho em linha com a média). 

BTG Pactual
A aquisição do BTG Pactual (BBTG11) pelas subsidiárias da resseguradora Ariel Re Limited foi concluída com aprovação pelo Banco Central. Em julho do ano passado, o banco assinou documentos definitivos de aquisição de 100% das ações da companhia, que pertenciam ao Global Atlantic Financial Group. Com escritórios em Londres e Bermuda, a Ariel é especializada em resseguros de catástrofe para propriedades. 

Log-In
A Log-In (LOGN3) teve sua recomendação elevada para overweight (desempenho acima da média) pela Brasil Plural. 

Paranapanema 
A Paranapanema (PMAM3) teve sua perspectiva alterada para negativa pela agência de classificação de risco Moody's.  

(Com Reuters)

 

Contato