Em mercados / acoes-e-indices

Ibovespa tem sessão de "luto", mas segue exterior e fecha com alta de 0,36%

Índice começou o dia volátil diante das incertezas políticas, mas passou o dia próximo da estabilidade digerindo o noticiário internacional e os resultados corporativos

SÃO PAULO - Após um dia de apreensão no mercado diante da notícia da morte do candidato à presidência da república Eduardo Campos (PSB), a bolsa brasileira registrou um dia de volatilidade nesta quinta-feira (14), principalmente em seus minutos iniciais. Com um mercado ainda de "luto", o Ibovespa ganhou força no fim da sessão, registrando leve alta. Com isso, o principal índice da Bolsa fechou cotado a 55.780 pontos, avançando 0,36%. O giro financeiro na Bovespa foi de R$ 6,462 bilhões.

Após a morte de Campos, as análises são múltiplas: há quem avalie que o novo cenário pode aumentar as chances de um segundo turno caso Marina Silva entre na disputa. Mesmo entre algumas divergências de análise, a posição majoritária é que, com ou sem Marina, Aécio Neves (PSDB), será prejudicado na disputa.

No radar internacional, o destaque ficou para a fala de Vladimir Putin. Em uma visita a Crimeia, uma parte da Ucrânia que a Rússia anexou em março, o presidente russo disse que a país faria o seu melhor para parar o derramamento de sangue, acrescentando que o país não precisava de conflito externo. Esta fala foi feita após as tensões continuarem esta semana com Kiev denunciando envio de um comboio de ajuda humanitária da Rússia para o país.

Enquanto isso, nos EUA o presidente Barack Obama disse que o país não irá enviar mais ajuda humanitária aos membros da etnia yazidi que estavam cercados por militantes do Estado Islâmico, no Iraque. Por outro lado, ele afirmou que os ataques ao grupo radical islâmico irão continuar.

Ainda por lá, o número de novos pedidos de auxílio-desemprego subiu mais do que o esperado, nos dados sobre a semana passada apresentado hoje. Mesmo assim, os números devem ter pouco efeito em mudar as percepções de que o mercado de trabalho está se fortalecendo.

Resultados movimentam sessão
Além do noticiário econômico e político, os resultados corporativos guiaram esta sessão. As ações do Banco do Brasil (BBAS3) subiram mais de 3% refletindo o resultado do segundo trimestre. O banco teve lucro líquido contábil de R$ 2,829 bilhões, um recuo sobre os R$ 7,472 bilhões registrados no segundo trimestre do ano passado."Mesmo com o desempenho econômico brasileiro fraco e maior concorrência em seus principais segmentos de atuação, a instituição conseguiu entregar uma evolução razoável em seu resultado final", disse a XP Investimentos.

Já a Kroton (KROT3), após ver suas ações subirem mais de 3%, perdeu forças e fechou com alta de 1,88%, a R$ 62,35. A companhia reportou lucro líquido de R$ 286 milhões no segundo trimestre, mais que o dobro do resultado positivo obtido um ano antes. "Mesmo considerando alguns não-recorrentes (reconhecimento de matriculas regularizadas e antecipação da receita no segmento de Educação Básica) que impactaram positivamente o resultado, a Kroton manteve o forte crescimento que vimos no primeiro trimestre e ainda conseguiu acelerar o ganho de margem", disse a XP. 

Entre os destaques de baixa, ficaram as ações da Vale (VALE3VALE5), que fecharam entre as maiores quedas do dia. Analistas apontaram incertezas como o cenário na China e com o futuro político por aqui como explicação para esse pessimismo dos investidores. Vale destacar que uma pesquisa Datafolha foi registrada ontem e, segundo registro no TSE, deve ser divulgada a partir de segunda (18) – incluindo perguntas sobre uma possível candidatura de Marina Silva.

As maiores altas, dentre as ações que compõem o Índice Bovespa, foram:

 Cód. Ativo Cot R$ % Dia % Ano Vol1
 BBAS3 BRASIL ON 28,66 +3,65 +20,55 321,19M
 BBDC4 BRADESCO PN 35,65 +2,98 +24,98 335,57M
 HGTX3 CIA HERING ON 24,40 +2,78 -16,88 82,25M
 SUZB5 SUZANO PAPEL PNA 9,00 +2,27 -1,02 24,14M
 BBDC3 BRADESCO ON 36,76 +1,94 +17,02 34,11M


As maiores baixas, dentre os papéis que compõem o Índice Bovespa, foram:

 Cód. Ativo Cot R$ % Dia % Ano Vol1
 MMXM3 MMX MINER ON 1,16 -4,92 -72,38 2,78M
 MRFG3 MARFRIG ON 6,34 -3,06 +58,50 29,49M
 BRAP4 BRADESPAR PN 21,48 -2,50 -10,81 33,57M
 VALE3 VALE ON 30,59 -2,39 -11,93 183,63M
 VALE5 VALE PNA 27,26 -2,15 -14,15 445,68M


As ações mais negociadas, dentre as que compõem o índice Bovespa, foram:

 Código Ativo Cot R$ Var % Vol1 Vol 30d1 Neg 
 PETR4 PETROBRAS PN 18,60 -0,48 841,64M 920,26M 45.126 
 VALE5 VALE PNA 27,26 -2,15 445,68M 324,05M 27.699 
 ITUB4 ITAUUNIBANCO PN EJ 35,23 +1,66 439,69M 359,22M 28.757 
 KROT3 KROTON ON 62,30 +1,80 369,02M 148,15M 12.289 
 BBDC4 BRADESCO PN 35,65 +2,98 335,57M 238,43M 26.660 
 BBAS3 BRASIL ON 28,66 +3,65 321,19M 192,38M 27.985 
 PETR3 PETROBRAS ON 17,48 -0,17 260,55M 315,90M 23.446 
 VALE3 VALE ON 30,59 -2,39 183,63M 118,57M 16.955 
 BBSE3 BBSEGURIDADE ON 33,85 +0,30 150,06M 137,23M 10.924 
 ABEV3 AMBEV S/A ON 15,72 +0,19 111,51M 187,37M 18.192 

* - Lote de mil ações
1 - Em reais (K - Mil | M - Milhão | B - Bilhão) 

 

Contato