Em mercados / acoes-e-indices

Ibovespa alcança 3ª alta em 4 pregões com Petrobras subindo mais de 3%

Com possível reajuste nos preços dos combustíveis ainda em 2014 e Ibope no radar, índice se descola do exterior e sobe 0,51%; dólar cai 0,4%

SÃO PAULO - Após cair 0,73% na véspera, puxado por especulações de um possível agravamento da questão envolvendo a Ucrânia, o Ibovespa voltou a fechar com ganhos nesta quarta-feira (6). Em sua 3ª alta em 4 pregões, o benchmark da bolsa brasileira subiu 0,51%, a 56.487 pontos, puxado pelos ganhos de Petrobras (PETR3, R$ 19,04, +3,65%PETR4, R$ 20,31, +3,10%), Vale (VALE3, R$ 31,80, +0,57%VALE5, R$ 28,40, +0,35%) e companhias dos setores financeiro e elétrico. O giro financeiro da Bovespa foi de R$ 7,12 bilhões.

Do lado da petrolífera estatal, que operou volátil assim como o índice, destaque para a fala do ministro da Fazenda, Guido Mantega, que sinalizou que o comportamento do governo seria continuar com reajustes normais nos preços da gasolina neste ano. Ontem, Mantega argumentou que, em todos os anos, houve correção nos preços dos combustíveis, mas negou que haverá um "tarifaço" após as eleições de outubro.

"Quando ocorrerá o aumento, essa é decisão que mexe com o mercado, com ações, não se comenta. É questão das empresas responsáveis", acrescentou o ministro, que também é presidente do Conselho de Administração da Petrobras. O mercado fica ainda na expectativa pela divulgação da pesquisa Ibope, que deve ser revelada amanhã à noite pela Rede Globo de Televisão. As pesquisas eleitorais têm sido decisivas no humor dos investidores da Bovespa.

Noticiário internacional
O movimento positivo do mercado brasileiro se descolou do desempenho morno visto pelos três principais índices acionários norte-americanos, que fecharam próximo da estabilidade nesta sessão, com o mercado ainda de olho nas tensões envolvendo a Ucrânia, resultados corporativos e as especulações sobre o negócio envolvendo dois gigantes do setor de comunicação: Time Warner e Fox.

Já o dólar, fechou em queda ante o real nesta sessão, após subir significativamente na véspera. Nesta quinta-feira, a moeda americana sofreu desvalorização de 0,4%, cotada a R$ 2,2736 na venda.

Na Europa, o dia foi de queda, com a crescente tensão na Ucrânia e com os números ruins da economia da zona do euro. Ontem, o ministro de relações exteriores da Polônia disse que o acúmulo de tropas russas na fronteira com Ucrânia pode ser prenúncio de invasão.

Investidores seguem cautelosos, com receios de essas sinalizações sejam um indício de um conflito militar entre os dois países. Já com relação aos dados econômicos, o PIB (Produto Interno Bruto) da Itália caiu 0,3% no segundo trimestre de 2014 ante o mesmo período do ano anterior, mostrando que a recuperação da zona do euro ainda patina.

Destaques do pregão
Dentro da Bolsa, ganharam destaque também as ações da Gol (GOLL4, R$ 13,86, +2,36%), repercutindo o acordo anunciado nesta quarta-feira. O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou sem restrições o acordo de compartilhamento de voos entre a VRG Linhas Aéreas, subsidiária da Gol Linhas Aéreas, e a Etihad Airways, com sede em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos.

Enquanto isso, as ações do BB Seguridade (BBSE3, R$ 32,40, -3,11%) registraram uma das maiores perdas do índice após ter sua recomendação reduzida de overweight (exposição acima da média do mercado) para neutra pelo JPMorgan.

Também do lado negativo, ganharam destaque os papéis de Oi (OIBR4, R$ 1,29, -3,73%), que caíram após a divulgação dos seus resultados trimestrais, que demonstraram um prejuízo líquido de R$ 221 milhões entre abril e junho, e Cielo (CIEL3, R$ 41,00, -2,36%), após o plenário do Senado ter aprovado hoje proposta que permite ao comerciante fazer cobrança diferenciada entre as compras pagas com dinheiro e as compras feitas com o cartão de crédito.

O projeto, de autoria do senador Roberto Requião (PMDB-PR), susta os efeitos da Resolução nº 34/89 do extinto Conselho Nacional de Defesa do Consumidor, que proíbe a diferenciação dos valores. A matéria seguirá agora para análise da Câmara dos Deputados.

As maiores altas, dentre as ações que compõem o Índice Bovespa, foram:

 Cód. Ativo Cot R$ % Dia % Ano Vol1
 PETR3 PETROBRAS ON 19,04 +3,65 +23,33 344,36M
 BRKM5 BRASKEM PNA 14,59 +3,55 -27,88 25,59M
 JBSS3 JBS ON 8,95 +3,47 +3,08 44,79M
 PETR4 PETROBRAS PN 20,31 +3,10 +26,55 1,47B
 GOLL4 GOL PN N2 13,86 +2,36 +32,25 10,12M

As maiores baixas, dentre os papéis que compõem o Índice Bovespa, foram:

 Cód. Ativo Cot R$ % Dia % Ano Vol1
 OIBR4 OI PN 1,29 -3,73 -64,07 124,07M
 BBSE3 BBSEGURIDADE ON 32,40 -3,11 +35,52 276,95M
 MRVE3 MRV ON 7,40 -2,76 -8,29 12,87M
 TIMP3 TIM PART S/A ON 10,95 -2,49 -8,66 59,26M
 DTEX3 DURATEX ON EJ 8,42 -2,43 -28,64 17,26M

As ações mais negociadas, dentre as que compõem o índice Bovespa, foram :

 Código Ativo Cot R$ Var % Vol1 Vol 30d1 Neg 
 PETR4 PETROBRAS PN 20,31 +3,10 1,47B 767,03M 61.869 
 ABEV3 AMBEV S/A ON EDJ 15,46 +0,85 380,10M 185,92M 36.585 
 PETR3 PETROBRAS ON 19,04 +3,65 344,36M 277,23M 26.850 
 ITUB4 ITAUUNIBANCO PN ED 35,80 -0,42 322,30M 355,38M 21.851 
 BBSE3 BBSEGURIDADE ON 32,40 -3,11 276,95M 124,13M 19.176 
 BBAS3 BRASIL ON 28,19 +1,22 273,28M 177,93M 14.132 
 CIEL3 CIELO ON 41,00 -2,36 256,62M 145,37M 19.557 
 VALE5 VALE PNA 28,40 +0,35 215,06M 317,44M 14.671 
 KROT3 KROTON ON 62,25 +0,57 213,00M 168,93M 9.237 
 BBDC4 BRADESCO PN EJ 35,12 +0,06 165,36M 241,96M 13.334 

* - Lote de mil ações
1 - Em reais (K - Mil | M - Milhão | B - Bilhão) 

 

Contato