Em mercados / acoes-e-indices

Ibovespa cai mais de 1%, pressionado por queda de Vale e de bancos; China no radar

Dia é de forte queda e índice perde os 51 mil pontos, em meio a dados não animadores da China, tensão na Ucrânia e queda de Vale e siderúrgicas; vencimento de opções leva à volatilidade

SÃO PAULO - O Ibovespa registra baixa na sessão desta terça-feira (15), de olho nos dados da China, que levam à queda das ações da Vale (VALE3;VALE5) de cerca de 3%, assim como siderúrgicas. 

O mercado segue ainda de olho no discurso de Janet Yellen, presidente do Federal Reserve. Com isso, às 10h53 (horário de Brasília), o índice registrava perdas de 1,38%, a 50.882 pontos. Enquanto isso, as ações da Petrobras (PETR3;PETR4) oscilam entre perdas e ganhos: vale ressaltar que a próxima quarta-feira será marcada pelo vencimento de opções sobre o índice, enquanto a próxima terça-feira (22) haverá o vencimento de opções sobre ações, o que contribui para o movimento volátil. Chama atenção ainda a queda das ações de bancos, com destaque para o Itaú Unibanco (ITUB4, R$ 34,25, -1,83%) e Bradesco (BBDC4, R$ 32,28, -1,47%) 

Os grandes destaques ficam para os Estados Unidos e para a China. O gigante asiático não animou, ao mostrar que a sua base monetária cresceu em seu ritmo mais fraco desde de maio de 2001, sinalizando novamente um enfraquecimento da economia do gigante asiático. A base monetária M2 cresceu 12,1% no mês passado em relação ao mesmo período no ano anterior, ante estimativas do mercado de 13%. 

Ainda nesta terça-feira, o PIB (Produto Interno Bruto) do primeiro semestre, vendas no varejo de março, produção industrial e os investimentos em ativos fixos na China, serão divulgados. Com isso, as ações de mineradoras e siderúrgicas têm um dia de queda na bolsa brasileira, em um movimento de cautela. No noticiário corporativo da Vale, chama a atenção o comunicado do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), que aprovou financiamento de R$ 6,2 bilhões para projetos de expansão da mineradora Vale no complexo de Carajás, no Pará, e ampliação de ferrovias da empresa na região.

Cabe ressaltar que o conselho de administração da Vale (VALE3VALE5) aprovou na segunda-feira o pagamento da primeira das duas parcelas da remuneração mínima aos acionistas em 2014. O pagamento será feito sob forma de juros sobre capital próprio no valor de R$ 4,632 bilhões - ou R$ 0,898904129 por ação ordinária ou preferencial -, sendo pago a partir de 30 de abril, informa a mineradora em fato relevante. 

Já nos EUA, o principal destaque fica para o discurso de Janet Yellen, presidente do Fed (Federal Reserve). Yellen disse que a autoridade monetária está considerando adotar mais medidas para lidar com os riscos remanescentes à estabilidade financeira nos mercados de financiamento de atacado de curto prazo. 

Graça fala ao Senado
As ações da Petrobras, por sua vez, após abrirem em queda, já chegaram a alternar entre ganhos e baixas. O noticiário corporativo para a Petrobras também segue agitado. A presidente da Petrobras, Maria das Graças Foster, será ouvida em audiência pública conjunta da CAE (Comissão de Assuntos Econômicos) e CMA (Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle) do Senado sobre o escândalo envolvendo a refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos. Os ativos ON da Petrobras registram ganhos de 0,20%, enquanto os ativos PETR4 tem alta de 0,13%. Nenhuma ação registra ganhos superiores a 1%. 

Ásia e Europa
Reagindo ao cenário negativo na China, o índice Shangai Composto, benchmark chinês, encerrou com queda de 1,40%, enquanto o Hang Seng teve perdas mais acentuadas e terminou com queda de 1,60%. A exceção do continente asiático foi o índice Nikkei, benchmark do Japão, que encerrou com leve alta de 0,62%, após um forte rali nas ações do índice. O iene negociado mais fraco nesta sessão ajudou o índice do país fechar em patamar positivo.

Investidores seguem atentos as tensões que aumentam cada vez mais envolvendo Ucrânia e Rússia. Separatistas pró-Rússia invadiram mais prédios do governo ucraniano na última segunda-feira (13). O prazo estabelecido pelo presidente da Ucrânia aos separatistas para abandonarem as instalações invadidas se esgotou. O pano de fundo geopolítico tenso na Ucrânia manteve os investidores em alerta, o que também minou o apetite por risco.

As ações no continente europeu abriram o dia com certa cautela, registrando leves perdas. Dados econômicos no continente, divulgados nesta terça mostraram que a inflação no Reino Unido caiu para seu menor patamar em quatro anos. O índice de preços ao consumidor subiu para 1,6%. Na Alemanha, o índice de sentimento econômico ZEW atingiu seu maior nível desde julho de 2011.

 

Contato