Em mercados / acoes-e-indices

Pego de surpresa com alterações nos tickers de Laep, Latam e outros BDRs?

Entenda o que mudou no ticker das companhias abertas com sede no exterior, que deixaram a terminação "11" na bolsa brasileira

TAM - LATAM  - Aviação - Transporte Aéreo
(Divulgação)

SÃO PAULO - Nesta segunda-feira (2), a BM&FBovespa amanheceu com novos tickers para os papéis que representam ações de companhias abertas com sede no exterior, mas também negociadas na bolsa brasileira.

As BDRs (Brazilian Depositary Receipts), como são chamados esses tipos de ações, deixaram de carregar o número 11 no ticker (XXXX11). Agora, a terminação dos códigos é determinada pelos números 31, 32 ou 33 para companhias de BDRs patrocinados - como Laep (MILK33) e Latam (LATM33), por exemplo - e 34 para as não-patrocinadas, como Apple (AAPL34) e Google (GOOG34).

Vale lembrar que BDRs patrocionados são emitidos com o envolvimento da companhia emissora das ações e se divide em três níveis, enquanto os não-patrocinados não contam com a participação da empresa e eram negociados no mercado de balcão. Com a mudança, os BDRs não-patrocinados migram deste tipo de mercado para a própria bolsa.

 

Contato