Conteúdo editorial apoiado por

Ações do Airbnb estreiam na Nasdaq com alta de 113% após realizar maior IPO de 2020 nos EUA

O IPO avaliou a empresa de aluguel de residências por aplicativo em US$ 47,3 bilhões

Equipe InfoMoney

Publicidade

SÃO PAULO – As ações do Airbnb estrearam na Nasdaq em forte alta de 112,81% nesta quinta-feira (10), fechando seu primeiro pregão cotadas a US$ 144,71. Os papéis da empresa começaram a ser negociados na Nasdaq hoje com o código “ABNB”.

O Airbnb precificou sua oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) a US$ 68 por ativo, acima da faixa de preço indicativa, levantando cerca de US$ 3,5 bilhões e sendo o maior de uma empresa que opera nos EUA em 2020. A companhia planejava vender cerca de 51 milhões de ações entre US$ 56 a US$ 60 por ação, faixa que já havia sido elevada de plano anterior de US$ 44 a US$ 50 por ação.

O IPO avaliou a empresa de aluguel de residências por aplicativo em US$ 47,3 bilhões. O Airbnb foi avaliada em US$ 18 bilhões em abril, após vender títulos de dívida para reforçar o caixa. A empresa, que inicialmente foi duramente atingida pelas restrições globais de viagens, recentemente se beneficiou de um maior número de clientes em busca de aluguéis domésticos de longo prazo.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

A receita da companhia também mostrou recuperação conforme as restrições às viagens diminuíram e com mais viajantes reservando casas do que hotéis. No terceiro trimestre, a receita do Airbnb se recuperou de uma queda e foi a US$ 1,34 bilhão, enquanto o lucro foi de US$ 219,3 milhões no mesmo período.

O Airbnb também anunciou uma série de medidas de corte de custos, como a suspensão de contratações e atividades de marketing e corte de salários de executivos de forma a economizar até US$ 800 milhões este ano, segundo fontes ouvidas pela agência Reuters.

O Airbnb foi criada em 2008 por Brian Chesky e Joe Gebbia. Na ocasião, o site foi fundado para aceitar reservas de quartos durante conferências, incluindo a Convenção Nacional Democrata daquele ano em Denver.

Entre os investidores do Airbnb estão as empresas de capital de risco Sequoia Capital e Andreessen Horowitz, o ator de Hollywood Ashton Kutcher, gestoras como General Atlantic, TPG, Hillhouse Capital, além de Vanguard Group e Fidelity Investments.

Morgan Stanley e Goldman Sachs são os principais coordenadores da oferta de ações do Airbnb.

(com informações da Bloomberg e da Reuters)

Treinamento gratuito: André Moraes mostra como identificar operações com potencial de rentabilidade na Bolsa em série de 3 lives – assista!