Queda das criptos

Ações de Microstrategy, Coinbase e mineradoras cripto caem até 25% em dia de pânico no mercado

O Bitcoin caiu abaixo de US$ 24 mil pela primeira vez em 18 meses, enquanto o Ethereum recuou para uma mínima de 15 meses

Por  CoinDesk -

Ações de empresas cripto, como Microstrategy e Coinbase e as mineradoras estão todas em forte queda na bolsa de Nova York nesta segunda-feira (13), com ventos contrários no cenário macroeconômico continuando a abalar os mercados de ações globais, enquanto a Celsius Network suspendeu os saques em sua plataforma, aumentando a dor nas criptomoedas.

A rede de empréstimos cripto Celsius suspendeu saques, citando “condições extremas de mercado”. A notícia fez o Bitcoin (BTC) cair cerca de US$ 1.500 em poucos minutos no fim de semana, um declínio que continuou na manhã desta segunda.

Por volta das 10h30 (horário de Brasília), o Bitcoin operava em sua mínima de 18 meses, cotado a US$ 23.700, uma queda de 13% no acumulado de 24 horas.

A Microstrategy está liderando as perdas de ações relacionadas a criptomoedas, com queda de 22% na abertura da bolsa em Nova York. O preço do Bitcoin em US$ 21 mil foi apontado recentemente como um ponto em que a empresa poderia enfrentar uma chamada de margem, mas o CEO Michael Saylor negou, dizendo que o Bitcoin precisaria cair para cerca de US$ 3.500 antes que isso começasse a se tornar um problema.

A um preço de US$ 22.960, a Microstrategy perderia mais de US$ 1 bilhão em sua aposta em Bitcoin.

Já a Coinbase cai 14%, para US$ 50,36, e está 85% abaixo de seu recorde histórico registrado em novembro.

O dia também é de forte queda para as mineradoras, com a Marathon Digital, Riot Blockchain e Hut 8 todas apresentando perdas de dois dígitos percentuais.

No cenário macro, a política monetária mais restritiva dos bancos centrais ocidentais continua elevando drasticamente os rendimentos dos títulos e reduzindo os preços das ações. Nos primeiros minutos dos negócios nesta segunda, o Nasdaq recua quase 3% e o S&P 500 cai 2,6%. O rendimento do Tesouro dos EUA de 10 anos subiu mais 10 pontos-base, para 3,27%.

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receber a newsletter de criptoativos do InfoMoney

Compartilhe