Força asiática

Ações de mercados emergentes estão a caminho do maior nível desde 2018

Índice MSCI Emerging Markets subiu mais de 50% desde março, impulsionado por ações chinesas e maiores previsões de lucro para economias em desenvolvimento

Aprenda a investir na bolsa

(Bloomberg) — Ações de mercados emergentes estão prestes a atingir o nível mais alto desde 2018 e só precisam de mais evidências de crescimento contínuo na China, lucros estáveis e sinais de mais fraqueza do dólar para atingir o patamar.

O índice MSCI Emerging Markets subiu mais de 50% desde a mínima atingida em março deste ano. Em 1.137,75, está a menos de 15 pontos de ultrapassar o pico deste ano alcançado em janeiro. Eclipsar esse nível levaria o indicador de referência ao ponto mais alto desde meados de 2018.

A força das ações chinesas – o maior componente no índice acionário – e maiores previsões de lucro para economias em desenvolvimento que superam o resto do mundo ajudam a impulsionar os ganhos.

Aprenda a investir na bolsa

Ações de países em desenvolvimento se recuperaram em outubro em meio ao otimismo sobre os avanços de vacinas contra o coronavírus e sinais de progresso nas negociações para um pacote de estímulo nos EUA, que enfraquecem o dólar.

Por Dentro dos Resultados
CEOs e CFOs de empresas abertas comentam os resultados do ano. Cadastre-se gratuitamente para participar:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.

O rali das ações foi particularmente significativo na Ásia, onde dados econômicos mostram recuperação contínua em relação ao abalo da pandemia. A capitalização do mercado acionário da China ultrapassou US$ 10 trilhões neste mês pela primeira vez desde 2015. O valor combinado das ações entre os 26 países emergentes subiu para o recorde de US$ 22,3 trilhões.

“A China lidera os ganhos das ações em mercados emergentes, mas isso vai além da China, especialmente se virmos mais evidências do pico do dólar”, disse Frank Benzimra, chefe de estratégia de ações asiáticas do Société Génerale, em Hong Kong.

“O câmbio na Ásia também tem apoiado mais as ações nos últimos meses. Mais de 80% dos mercados emergentes são formados pela Ásia, onde, especialmente no leste asiático, o vírus foi contido com mais sucesso e a recuperação tem sido mais rápida.”

Analistas de renda variável elevaram a previsão de lucro médio para empresas do índice em mais de 12% em dólares desde a mínima de junho, superando a mesma métrica para o índice S&P 500, e equivalente ao dobro do aumento das estimativas de lucro na Europa.

A volatilidade caiu em relação à máxima de março, e os custos de hedge para o fundo de índice iShares MSCI Emerging Markets estão abaixo da média anual.

PUBLICIDADE

Série gratuita do InfoMoney explica a hora certa de entrar e sair de ativos na Bolsa: clique aqui e aprenda como vencer os tubarões do mercado com consistência e segurança