Ações da Mobly (MBLY3) despencam 13,6% após empresa confirmar negociações, mas negar acerto de fusão com Tok& Stok

Ontem, após notícia sobre fusão entre as companhias, as ações da Mobly subiram mais de 11%; contudo, empresa, em nota, negou o acordo

Camille Bocanegra

Loja da Mobly (Divulgação)

Publicidade

Após fecharem com alta de 11,03% na sessão de ontem, as ações da Mobly (MBLY3) despencaram na sessão desta quarta-feira (6). Os papéis fecharam em baixa de 13,63%, a R$ 3,74.

A razão do sobe-e-desce é a indefinição em relação ao acordo com a Tok&Stok.

Na véspera, as ações saltaram com a notícia de segunda à noite da coluna Pipeline, do Valor, de que um acerto entre os controladores das empresas de móveis e decoração para fusão estaria próximo de acontecer.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Contudo, depois do fechamento de terça, a Mobly negou que haja acordo ou qualquer tipo de proposta vinculante com a Tok&Stok. A empresa confirmou que tem mantido conversas com a Tok&Stok, mas que “não há acordo ou proposta vinculante a respeito da eventual transação”.

De acordo com o noticiado, havia expectativa de troca de ações entre as companhias. Os acionistas da Mobly deteriam 80% dos papéis da nova empresa, enquanto os acionistas da Tok&Stok, controlada pelo fundo de private-equity Carlyle, ficariam com 20%.

Após a realização da operação, haveria intenção de realização de OPA para acionistas da Mobly, com ações a R$ 6,50 e opção, para o Carlyle, de compra de 10% a mais da companhia com papéis a R$ 9,00.

Continua depois da publicidade

A Mobly vem de queda de 9,52% nas ações em agosto. Ainda assim, no acumulado de 12 meses, apresenta alta de 60,33%. A Tok&Stok, não tem capital aberto e entrou em recuperação judicial no primeiro semestre de 2023.